terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Para os Sozinhos






Esta vai para quem, como eu, está sozinho
Nesta noite que se convencionou como de Natal!
A intenção é aquecer o próprio ninho,
Ao ponto de irradiar Amor para o espaço sideral.


Prepare o ambiente,
De forma que o ajude a aquietar sua mente.
Escolha a intensidade da iluminação,
O som que vai acalmar seu coração...
Se gostar, acenda um incenso bem cheiroso...
Daqueles que o fazem lembrar o quanto viver é gostoso.
Ou, pode ser...
Ou, haverá de ser!

Deite-se, de barriga para cima, confortavelmente,
Respire suave e profundamente,
Várias vezes, permitindo-se relaxar...

Tente prestar atenção apenas ao respirar...

Tente não pensar, não dialogar com o pensamento.
Deixe-os passar, sem alterar seus batimentos...

Solte cada parte de seu corpo,
Cada músculo de seu rosto...
Abandone todo o peso.
De olhos fechados, imagine-se suspenso...

Envolto em uma nuvem cor de rosa,
A cor do amor universal,
A cor mais maternal...
Abandone o universo da prosa.

Agora você está em território da poesia.
Deixe-se levar por esta lírica sintonia.

Imagine sua nuvem em um lugar querido,
Beeeeeeeeeem bonito!
Se você for do dia: ensolarado!
Se for da noite: enluarado!
O importante é que você se sinta bem.
Tão bem, que deseje sinceramente, ir além...

Pois bem, pelo nariz, inspire, profundamente,
Retenha por quatro segundos,
E exale suavemente,
Tingindo de rosa, seu mundo.

Se quiser, chame seus amigos.
Ou, apenas deixe a entrega com o infinito.

Mas, irradie, 
Contagie.

Faça você a diferença: tome a inciativa.

Em seguida, sinta-se acolhido,
Verdadeiramente,
Calorosamente,

Pela essência da vida.

Que a luz de Oxalá seja o aconchego...
Seu esteio, seu enlevo!





Som de mar:
http://www.youtube.com/watch?v=Yoraq1hA4Bw







2 comentários:

Anônimo disse...

Oi meu amigo! Muita paz pra vc viu! Aliás, pra nós. Não estou sozinha, mas me sinto como se estivesse...precisando estar com quem amo...e estou perdendo a paciência, a delicadeza da espera...sufocante.´Quando numa data desta que considero importante estar junto sim...e não está...é porque está na hora de ver quem é mais importante...o outro ou você...É a hora daquele insite. Mas me vou pq senão desando a falar. Um beijo carinhoso e um abraço apertado. Junya

Bafejos de Minha Alma disse...

Tocante demais o poema, eu também não estou só,mas falta-me o carinho que eu gostaria de receber nesse dia, nessa hora, nesse instante.
Desejo a você , toda paz e toda luz na sua caominhada, inspiração para encher páginas e págians de belezas como esta;

FELIZ ANO NOVO.

Bjs no coação.