sábado, 31 de dezembro de 2011

Luz 2012









Minha proposta é radical!
Fazendo de conta ser verdade,
O que quer uma parte da humanidade,
Vamos imaginar que esse próximo ano,
Seja o último...
Última oportunidade
Para nos virarmos para a luz solar,
Para o essencial!
Para o cósmico acalanto...
Para o despertar mais íntimo!
Para o exercício pleno da afetividade,
Para cantar!


Última chance para gostar,
Para se descobrir!
Para semear o sorrir,
Para se lapidar!
Para fazer ecoar a mais linda canção
De inclusão.
Último tempo para a definitiva união
Dos colos,
Dos solos!
Dos polos,
Dos pelos...
Dos sexos,
Dos nexos!
Ano de decisão!

De descer do muro,
De sair do escuro
Do erro alheio,
E, cultivar seu próprio campo de centeio!
De tomar a iniciativa
De trocar de alternativa.
De sair da sede de desastre,
Para o encanto de uma tarde...
Uma única tarde que faça florescer
O humano enternecer.
Eis o fundamental
Para uma virada sensacional.
É muito mais fácil desejar de tudo, o fim,
Do que dizer sim!

Assumir e reparar os próprios erros,
Perante esse fantástico enredo,
É uma necessidade
Da luminosidade!
Comecemos pelo que está ao alcance do nosso braço,
Disponibilizemos o abraço.
Tratemos melhor os entes queridos.
Reconheçamos e cuidemos melhor do amigo,
Do filho,
Do trilho!
Aprendamos que o conforto material,
Não pode substituir o ideal sideral!


Querem muitos que venha uma enorme destruição.
Eu, não! 

Basta de punição!
O que precisamos é de educação...
Acredito que é chegado o momento de construção
De um mundo que irradie apenas e tão somente: afeição!







Vídeo indicado:
http://www.youtube.com/watch?v=PVV3u5e68b8




sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Cheeeeeeeeeeeeeio!




Mais um momento difícil, passou!
Mais um maremoto acabou...
Tudo claro e limpo
Céu lindo!
O infinito e eu,
Algo se deu...
Voltei diferente.
...Mais quente!

Cheeeeeeio daquelas intenções deliciosas...
Ligeiramente audaciosas!
Brincadeiras à parte,
O que em mim, ainda arde,
Fez-me perceber o tom da resiliência,
Que perpassa toda a minha existência...
Desde as condições cinematográficas,
Trágicas,
De minha adoção,

Cujo enredo ainda não vi na ficção...
E, que só me foi revelada aos trinta,
Em meio a uma briga...

O ataque, aos cinco anos, do pastor alemão da família,
Que em minha cabeça, de 41 pontos, deixou como trilha!
O choque de sair de um colégio de irmãos maristas,
Com sua aura falsificada,
Para um restaurante de beira de estrada,
Onde, com treze anos comecei a trabalhar,
Com total liberdade para aprontar...
Conheci os mais divergentes pontos de vista...
O dinheiro cegava a todos.
Afastei-me de tudo, aos poucos.

As paixões!
Avassaladoras paixões!
Antológicas traições...
Irreparáveis sensações!
Quedas fantásticas!
Carência ávida!
Alguns momentos terríveis,
Muitos inesquecíveis...
Dignos de suspiros
E singelos risos...

O cordão umbilical familiar arrancado à faca.
Perdi o chão e ganhei asas...
A troca de pele do paulistano,
Para o sul fluminense,
Especificamente paratiense...
Esse fato
É o mais relevante dado.
Em Paraty,
Finalmente percebi,
O pulso
Do mundo.
Morri homem, humilhado...

Renasci poeta,
Arrebatado!
Com a clara meta
De proporcionar enlevo...
De dourar enredos!
Agora, em solo baiano,
Inspirado pelo batimento moreno,
O lirismo explodiu em alto relevo.
Faço da lágrima, poesia!
Da dor, percussiva melodia.
Aqui em Itacaré, tive dois filhos,
Dois lindos livros!
- Proeza de macho,
No país do esculacho!



Amo secretamente!
Tento irradiar pra toda a gente!

Fiz as pazes com a Criação,
A quem me entrego, de todo o coração,

Do alto da solidão,
Entoo bem alto minha canção!
Não por obrigação.
...Com convicção!







Esse trabalho só pode ser dedicado
Ao verdadeiro ícone da resiliência:
Arlete Canário
Meu beija flor preferido!






Vídeo indicado:
Daniela Mercury
"Castelo Imaginário"
http://www.youtube.com/watch?v=or_GMGydiWw&feature=related



Proporcione Enlevo!
Presenteie Poesia

"Vida Alta" - Entre pelo mar da Bahia ao abrir o livro e vá parar no espaço, tendo a sensação de estar na constelação de Andrômeda!

"Ardentia" - Versos arrebatados! Novo enquadramento para antigos questionamentos. - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!

Contato: cbs263000@hotmail.com   






quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Só as Gostosas!!!





Impus-me a regra
De só permitir,
Apenas deixar fluir
As boas lembranças!
Manter-me nas águas claras,
Calmas,
Da serenidade,
É a meta!
A pretensão é a de perpetuar a bonança!
Gosto muito, da dignidade,
Que vem atrelada à felicidade.
Matéria prima de minha estabilidade.

Eu, que colecionei tropeços,
A caminho dos extremos,
Não poderia imaginar
O sabor de me sentir estável...
Como é agradável!
Reduzindo ao máximo, os conflitos
Os desnecessários atritos,
Sobra mais tempo
Para fazer
Florescer
Os mais altos sentimentos!
Aprendi a voar!

Vale a pena, caprichar na segurança,
Em torno da temperança!
Obrigo-me a viver em atenção,
Para preservar o coração...
É-me inadmissível,
Ruminar as sombras das tragédias...
Sou mais das comédias!
Uma lembrança ruim, se permitida,
É dor repetida!
Sofrimento redobrado,
Desgaste renovado!

Sei que os fantasmas nos atacam de surpresa,
Pelas fendas das represas,
Mas, é preciso capturá-los,
Enxotá-los,
De forma convincente,
Consciente!

É fundamental permanecermos no presente!







Dedico esse trabalho 
à minha amiga
Excelente poetisa
Lilia Costa



Vídeo indicado:
Maria Bethânia
Sem Fantasia
Sem Açúcar
Olhos nos Olhos
http://www.youtube.com/watch?v=ODpTNIIAryg



Proporcione Enlevo!
Presenteie Poesia

"Vida Alta" - Entre pelo mar da Bahia ao abrir o livro e vá parar no espaço, tendo a sensação de estar na constelação de Andrômeda!

"Ardentia" - Versos arrebatados! Novo enquadramento para antigos questionamentos. - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!

Contato: cbs263000@hotmail.com  





quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Lacre



Foi preciso lacrar a janela,

Por estar inundando a casa...
Fragilizando a asa,
Atrasando a primavera.

Contrariado, dolorido,
Porém, convicto.
Todas as chances foram dadas,
Todas as hipóteses revisitadas...
Ainda assim, fugiu-me a compreensão
Dessa equivocada situação.
Diante do exposto,
Para não vincar, ainda mais, o rosto,
Foi necessário o lacre,
Para evitar um mais triste desastre.

Algumas pessoas são assim na nossa vida.
Mesmo que não queiram, prejudicam...
Ao desequilíbrio, incitam!
Tornam, insuportavelmente íngreme, a subida.
Provocam dor,
Detonam o terror
Com seu comportamento egoísta,
Minimalista,
Limitado,
Desapaixonado,
Negligente...
...Indecente!

Sai hoje, de minha existência,
Um ícone da inconsistência.
Que siga em paz, seu caminho.
É totalmente positivo meu ninho.
Não serve para quem tem medo,
E faz questão de desconhecer o próprio enredo.
Minha vida é clara e alta.
É apaixonadamente lírica, a alma!









Música complementar:
http://www.youtube.com/watch?v=Z0LCyTrxXJc&feature=related




Proporcione Enlevo!

Presenteie Poesia

"Vida Alta" - Entre pelo mar da Bahia ao abrir o livro e vá parar no espaço, tendo a sensação de estar na constelação de Andrômeda!

"Ardentia" - Versos arrebatados! Novo enquadramento para antigos questionamentos. - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!

Contato: cbs263000@hotmail.com 



terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Resende - Meu Colo Marítimo em Itacaré






É impossível você olhar
Para a Praia Resende
E não suspirar...
Tente!

Ela é pequena e acolhedora,
Tremendamente sedutora,
Com seus coqueiros maravilhosos,
Com seus troncos espetacularmente tortos,
Ao longo do morro.
Sofisticadíssimos adornos!
Estrategicamente distribuídos,
Compõem um cenário absolutamente lindo!


 

Dos dois lados, pedras, nas extremidades...
Ali, as ondas são interceptadas,
Como que assustadas,
Reagem e quebram
Esparramam-se...
Atiram-se
Ao alto,
Fazendo do ar, seu palco,
Em um espetáculo de ousadia
E rebeldia,
Que imobiliza
E fascina!

Poucas barraquinhas, simples, só com o essencial,
Para não estragar o especial...
O que a natureza criou
De tanta habilidade
E sensibilidade
Transbordou...
Ah! Tem o mar
Oh! Meu Deus! – Aquele mar!
Da Bahia...
Sinônimo da mais pura alquimia,
Com sua percussiva harmonia!
Com sua severidade!
Aqueeeeeeela suavidade!
O mar de minha vida...
A primeiríssima maravilha!
O colo de minha alegria!







Dedico esse trabalho à minha amiga
Excelente poetisa
Suzana Heemann








Música Linda:
http://www.youtube.com/watch?v=-p55S8GZ9Rk

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Teatro Para Todas as Cidades




A vida sem arte,
Arde.
Fica arisca,
Ríspida!
Seca,
Peca!

Fica rasa, muito por demais,
Perde a mais nobre substância,
A mais alta relevância,
Dos internos roseirais!
Tão ricos,
Bonitos!

Tenho percebido que algumas manifestações artísticas,
Independem de grandes níveis culturais...
Atingem até as entranhas mais abissais,
As coreografias sísmicas!
Somos todos emocionais, queiramos ou não,
Admitamos ou não!

A sensibilidade não é um privilégio de uns poucos,
Ou dos loucos.
Está em todos.
Era pra resplandecer em todos os rostos...
A cultura de sobrevivência,
Violentou a consciência...

Convencionou-se, endurecer,
Para sobreviver...
Pode até ter sido válido em determinado momento,
Do planetário movimento.
Mas, agora, para continuarmos vivendo,
Vamos precisar, irmos, progressivamente, nos desenrijecendo...

Precisamos abdicar de nossas armaduras
E, simplesmente,
Despojadamente,
Olhar para a altura...
Até que se dissolvam todas as rusgas,
Todas as dúvidas.

Só existe a luminosidade,
Em toda a sua afetividade!

A arte,
A verdadeira arte,
É um excelente canal para a materialização,
Dessa rebelião.
Toda cidade deveria ter uma casa de espetáculos, um teatro,
Posto ser, o nosso país, em talentos, tão exuberantemente farto!









Perguntemos ao aniversariante do dia a sua opinião:
É ou não é, Wé ??!!
Sonhando com uma suculenta fatia de bolo de chocolate
Anuncio que Itambé está em festa!!!
O Pico
Está mais bonito,
Pois está sorrindo...
...Alegria emitindo!






Vídeo comemorativo:
http://www.youtube.com/watch?v=IKv2dq6bjB0



domingo, 25 de dezembro de 2011

Renda Fina



A pureza é atemporal!
Sua essência é universal!
Fruto maduro!
Porto mais que seguro...
Árvore encantada,
De tão delicada!

Cósmica túnica!
Única!
Incorruptível...
Incrível!
Absoluta,
Impoluta!

Alguém cantando lindamente...
Alguns voos da mente...
A afeição espontânea,
A sensação subcutânea!
O núcleo da esperança...
A vida, quando dança!


 


Ela é o caminho,
Dos sem ninho!
Dos que acreditam
Na chama interna que crepita,
Acima dos temporais,
Com seus vendavais!

A pureza resiste
Insiste,
Cria seus atalhos,
Junta os retalhos...
Sobreviverá,
Vencerá!

É celebre,
Por ser alegre,
Contagiante,
Por ser plenamente relevante!
Clara,
Calma!

A chave dos grandes segredos.
Está em todos os melhores enredos!
Fina renda...
A mais verdadeira lenda!
O milagre
Oculto em um cair de tarde...

Nas manhãs todas...
Incluindo as roucas!
Nas noites de lua,
...Refletida... nua!
Nos eclipses
De todos os ilusórios apocalipses!




Feliz Aniversário
Minha Amiga Linda Poetisa
Leila Rodrigues


Vídeo indicado é um presente para todos:
http://www.youtube.com/watch?v=Zhzb80W578M&NR=1




Proporcione Enlevo!


Presenteie Poesia


"Vida Alta" - Entre pelo mar da Bahia ao abrir o livro e vá parar no espaço, tendo a sensação de estar na constelação de Andrômeda!


"Ardentia" - Versos arrebatados! Novo enquadramento para antigos questionamentos. - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!


Contato: cbs263000@hotmail.com  




sábado, 24 de dezembro de 2011

Misericórdia!!!

 




Era o que me faltava:
Meu gostar rebelou-se...
Baianizou-se!!!

Ôxe!!!!!

Abriu as asas,
Profundamente respirou...
E decolou!

É todo intensidade,
Totalidade!
Fertilidade...
Uma inequívoca sensualidade,
Capaz de demolir castelos inteiros,
Com seu aroma certeiro,
Feiticeiro
...Arteiro!....

Arqueiro

Único,
De toda a afeição,
Que transpira da vastidão!

Misericórdia!!!!

Redesenhou meus contornos,
Remoçou-me o rosto,
De súbito...

Esse gostar baianizado,
Fez-me mais abusado,
Um tanto arretado!
Visivelmente, assanhado,
Doido pra sambar...
...Abraçar,
Enroscar...
E beijar, beijar, beijar!

Gosto mais, de tudo,
Com que esbarro no mundo...
Do bonito,
Do infinito!
Das encantadas pontes,
Dos mais claros horizontes...
Dos sabores,
Dos sagrados ardores!

De música!
Dos versos,
Que leio no universo...

De todos os reinos,
Que são identificados pelo peito!

Da magia,
Que se refestelou pela Bahia!

Enfim, uma cósmica folia,
Beirando à rebeldia!
Alforria!
Celebração!
Consagração!
Pletora de alegria!
Fonte de onde jorra a poesia,
Que compõe essa incomparável sinfonia!









Dedico esse trabalho à minha amiga
Excelente poetisa
Nina Flor Bela




Vídeo complementar
http://www.youtube.com/watch?v=DjwGm--Vi2o&feature=related



Proporcione Enlevo!


Presenteie Poesia


"Vida Alta" - Entre pelo mar da Bahia ao abrir o livro e vá parar no espaço, tendo a sensação de estar na constelação de Andrômeda!


"Ardentia" - Versos arrebatados! Novo enquadramento para antigos questionamentos. - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!


Contato: cbs263000@hotmail.com  





sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Nem Santo, Nem Mestre!!!




Imagine! Não sou santo, nem mestre de coisa alguma.
Acontece que, realmente, me aparecem poucas oportunidades,
Para perder a sanidade...
Por um lado, felizmente,
Por outro...gostaria de fazer mais algumas bobagenzinhas...
Mas, o que deve constar mesmo, de minha trilha
É o fascínio pela altura,
Pelo celestial cello...
Pelo belo!
Pelo luminescente...

Existe algo mais bonito
Do que o brilho?
Refiro-me ao irradiar cósmico.
Aquele instante em que não há como negar
A presença maciça da Criação...
Com seu desenho, pra nós, ilógico,
Mas, de arrepiar,
Por sua constrangedora precisão.
Aquela, que ultrapassa as palavras,
Queimando feito lava!

Festa que nunca se acaba!
Ousadia que desacata,
Mas, com extremada delicadeza,
Posto que vem toda munida de pureza!
Algo, acima de carisma...
Uma mais sofisticada rima,
Que contagia
Com sua agradabilíssima melodia.
É quando a nobreza veste-se em simplicidade
E a sabedoria, em humildade!







Presente para meu amigo
Excelente poeta
Lucas Ferreira 








Pra sambar:
Marisa Monte e a Velha Guarda de Minha Querida Portela
"A Chuva Cai" 
http://www.youtube.com/watch?v=ns4KSZbk1P8&feature=context&context=G2835002FAAAAAAAALAA



Proporcione Enlevo!


Presenteie Poesia


"Vida Alta" - Entre pelo mar da Bahia ao abrir o livro e vá parar no espaço, tendo a sensação de estar na constelação de Andrômeda!


"Ardentia" - Versos arrebatados! Novo enquadramento para antigos questionamentos. - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!


Contato: cbs263000@hotmail.com  




quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Na Garganta




Quase tudo é pra ontem.
Tanto!
Enorme manto...
As estrelas que o contem!

Essa imprudente latência,
Incomodando,
Pressionando
A consciência,
Para que se expanda.
É a vida na garganta!

Por enquanto, apenas, acariciando,
Fazendo-se presente,
A todo instante provando
O seu dom grandiloquente,
De, a um só tempo, espantar
E encantar!
Conclamar
E proclamar!

Que tudo existe em função
Única e exclusivamente,
Do exercício consciente,
Da afeição.
É imperativo que se desencoste
Dessa fachada material
E se aposte,
Na arte sideral
De gostar!
De, realmente, gostar!

Aquele sentimento,
Que se denuncia pelo seu batimento...
Desavergonhado,
Assanhado!
Com ares evidentes de rebeldia,
E todas as vantagens da folia!
O cálice sagrado
De um peito apaixonado.
Murmurando entre suspiros
E pequenos sorrisos:

Só Amar é preciso!
Só o Amor, insisto,
Reafirmo,
É preciso!









Presente para meu querido amigo
Excelente poeta:
José Cambinda Dala




Vídeo maravilhoso:
Luiza Possi
"Cantar" 
http://www.youtube.com/watch?v=WMCJAgFd8ZA&feature=related



Proporcione Enlevo!


Presenteie Poesia


"Vida Alta" - Entre pelo mar da Bahia ao abrir o livro e vá parar no espaço, tendo a sensação de estar na constelação de Andrômeda!


"Ardentia" - Versos arrebatados! Novo enquadramento para antigos questionamentos. - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!


Contato: cbs263000@hotmail.com  





quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Fantástico Respirar




Qualquer criatura que tenha provado
A adrenalina camuflada,
Contida unicamente,
Exclusivamente,
Na harmonia,
Dentro de sua intransferível sinfonia,
Pode atestar o sabor incomparável,
Inabalável,
Dessa pulsação potencializada,
Em seu som, oniricamente encantado!

Um estado de ser,
Que amplifica o viver,
De uma tal forma,
Que rompe todas as comportas,
Tanto da razão,
Quanto da percepção.
É o bom elevado à enésima potência,
Em sua inconfundível
E sedutoramente incrível,
Latência!

É o superlativo,
Tão ativo,
Que parece parado,
Até que se sinta tocado...
É quando se revela,
Fazendo tremular a chama da interna vela,
Certificando a autenticidade
Dessa inusitada intensidade,
Que faz a alma incandescer
E o corpo estremecer!

Tudo tão magnífico,
Tão escandalosamente artístico,
Que não se tem vontade,
De retornar à essa empobrecida realidade.
O desejo é de permanecer,
De interagir...
De sorrir!
De agradecer,
De compartilhar
Esse fantástico respirar!



Para minha amiga
Excelente poetisa
Suelzy Quinta






Vídeo recomendado
http://www.youtube.com/watch?v=tYJU8XWHqcA&feature=g-vrec&context=G200563fRVAAAAAAAABA



Proporcione Enlevo!


Presenteie Poesia


"Vida Alta" - Entre pelo mar da Bahia ao abrir o livro e vá parar no espaço, tendo a sensação de estar na constelação de Andrômeda!


"Ardentia" - Versos arrebatados! Novo enquadramento para antigos questionamentos. - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!


Contato: cbs263000@hotmail.com  




terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Dourado, Rosa e Azul




Que bom! Depois de mais de cinco décadas,
De ter perdido algumas pétalas,
A maturidade vem com a surpresa
De derrubar a última represa...
Gostar, agora,
Ao invés de se tornar um sentimento,
Um batimento,
Completamente fora de hora...
Eis que se incorpora,
Corrobora...

Atinge!
De dourado, rosa e azul, tinge!
Deixa-me com essa cara de bobo,
Escrevendo feito um louco,
Os versos mais apaixonantes,
Mais relevantes,
Mais apaixonados,
Mais enlevados...
Na intenção clara
De espalhar essa emoção cara!

Depois de tantas voltas ao planeta, procurando,
Implorando,
Tinha que ser em solo baiano,
O ápice de meu acalanto,
O mergulho definitivo,
No imponderável infinitivo.
O gostar gratuito,
Expandido,
Fortuito,
Intuitivo!

A afinidade
Levada a seu extremo: a cumplicidade!
A fusão consciente
De corpo, mente,
Palma,
Alma...
...Desejos,
Ensejos!
Festejos,
Em afetivos relevos!







Dedico esse trabalho para
Kátia Regina Luhmann






Vídeo indicado
Zé Renato e Renato Braz
"A Hora e a Vez"
http://www.youtube.com/watch?v=g8EIq4heibk



Proporcione Enlevo!


Presenteie Poesia


"Vida Alta" - Entre pelo mar da Bahia ao abrir o livro e vá parar no espaço, tendo a sensação de estar na constelação de Andrômeda!


"Ardentia" - Versos arrebatados! Novo enquadramento para antigos questionamentos. - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!


Contato: cbs263000@hotmail.com  






segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Particularidade

 


Apesar das afinidades,
É preciso atender a própria sensibilidade.
Independente de grupo...
Obedecendo ao mais profundo!
O grupo é importante,
Mas, não é o mais relevante!
Ajuda,
Mas, não é o que determina a altura.
A aparência,
Não determina a consistência.

É fundamental o reconhecimento,
A identificação,
Com outras pulsações...
Talvez, parecidas sensações!
Entretanto, a particularidade ,
O recado da eternidade
Contido em cada coração,
Individualmente,
Indiscriminadamente,
Precisa ser ouvido,
Percebido!
É preciso que haja envolvimento...

Deve ser o norte, a meta,
O final da reta.
O ponto de confluência
De toda a latência.
O prumo,
De cada mundo.
... A espessura
Da brandura...
A missão
De cada manifestação.
Tudo deve ser levado em consideração,
Mas, a palavra final deverá vir da fusão:

Razão
E emoção!










Esse trabalho é uma homenagem 
à pulsação de meu amigo
excelente poeta - 
Toninho Bira






Vídeo indicado:
Rita Ribeiro
"Românticos"
http://www.youtube.com/watch?v=XUU31Nz6tQI



Proporcione Enlevo!


Presenteie Poesia


"Vida Alta" - Entre pelo mar da Bahia ao abrir o livro e vá parar no espaço, tendo a sensação de estar na constelação de Andrômeda!


"Ardentia" - Versos arrebatados! Novo enquadramento para antigos questionamentos. - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!


Contato: cbs263000@hotmail.com  





domingo, 18 de dezembro de 2011

A Oscilação Interna de Cada Gesto

 

Interessante,
A variação que existe dentro do constante.
A dança do movimento...
A respiração do sentimento!

Sempre é possível nova equalização,
Dentro da mesmíssima pulsação!
É possível sempre, ir mais longe,
Seguindo o próprio horizonte!

Entender que não existe fim,
Mas, transformação!
Tudo está entrelaçado, sim!
Atuamos em vários níveis da mesma manifestação!

Simultaneamente,
Às vezes, conscientemente!
Voluntaria ou involuntariamente!
Inevitavelmente!

Dentro de um único gesto,
A possibilidade,
A oportunidade,
De vários tipos de tetos...

De abrigos,
De sentidos...
De intuições,
De intenções!

Dentro de uma frase,
Os agudos do grave,
As múltiplas fases,
A tabela da crase!

A oscilação dos índices de rejeição...
De afeição!!!
As forças do impulso,
Os cantos do mundo!

O outro lado?
O macro?

Além das latitudes
E longitudes...
Sobre todas as estreitezas,
Acima de todas as grandezas...

Se dentro, o interior, já é incompreensível,
Fora, o exterior, é, racionalmente, inadmissível!







Vídeo indicado:
http://www.youtube.com/watch?v=M-5vd15cDgY



Proporcione Enlevo!


Presenteie Poesia


"Vida Alta" - Entre pelo mar da Bahia ao abrir o livro e vá parar no espaço, tendo a sensação de estar na constelação de Andrômeda!


"Ardentia" - Versos arrebatados! Novo enquadramento para antigos questionamentos. - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!


Contato: cbs263000@hotmail.com  


sábado, 17 de dezembro de 2011

Chutando a Bunda da Tristeza






Pra começar:
http://www.youtube.com/watch?v=w3qT7DMQ9po


Estou tentando manter o que escolhi pra mim.
É daqui pra frente!
Rapidinho, que atrás vem gente!
Sem tempo pra antigas
E queridas
Melancolias...
Não há espaço pra carregar mágoas...
Melhor mesmo é deixa-las com as águas!
Seguirei em poesia até o fim,
Agarrado à sua incomparável melodia.

Qualquer outra opção
Está, completamente, fora de questão.
Se a solidão apertou,
Na garganta, delicadamente, pisou...
É porque assim tinha que ser,
Pra eu mais perceber,
O que vim aqui fazer:
Escrever até morrer!
Nada mais cabe na ilusão
De minha canção.

Contrariando, exatamente, tudo que sempre quis.
Meu mundialmente conhecido: desenho a giz!
Ao invés de meu canto, preferiram minha poesia...
Do casamento, restou-me a possibilidade em fantasia!
...Apenas...
...Duras penas!
Não gostasse tanto de sonhar...
E de proporcionar...
Estaria enrolado.
No entanto, amanheço cada vez mais arrebatado!

Muito mais arretado,
Mais apaixonado
Pelo todo!
Mais bobo...
Claro, muito mais doido!
Chutando a bunda da tristeza,
Com recomendável destreza!
Compenso a solidão virtual e física,
Com música!
...Minha “Deusa Única”!
Responsável absoluta pela minha pulsação lírica!





Vídeo complementar:
http://www.blogger.com/post-create.g?blogID=1122689705229187911


Proporcione Enlevo!


Presenteie Poesia


"Vida Alta" - Entre pelo mar da Bahia ao abrir o livro e vá parar no espaço, tendo a sensação de estar na constelação de Andrômeda!


"Ardentia" - Autoajuda da Nova Era, em versos arrebatados! - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!


Contato: cbs263000@hotmail.com 











sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Melhor Conselheira




Um dado importante,
Absolutamente relevante,
É aprender a ouvir a vida.
Ela sempre, a tudo, avisa,
Mostra, indica...
Aponta o melhor caminho para a subida!

E veja: ela é bastante eloquente,
Bastante clara!
Sua mensagem nunca é rasa...
...É o certo, tão somente!
Mas, estamos surdos e cegos
Pelo nosso vagabundo ego.
Achamos que sabemos muito....
... Nada sabemos do mundo!

O que conhecemos é nada,
Perto do que se há para conhecer...
Para se saber,
Para perceber
E aprender!
Há muuuuuuuuuito para se apreender...
Desde as mínimas sutilezas
Até as inimagináveis grandezas!

Pouco sabemos do nosso corpo.
Não percebemos as mudanças diárias em nosso rosto...
Estamos escravizados a absurdos condicionamentos,
Todos, sem o menor cabimento!
Eis parte do conglomerado,
Que nos exige teleguiados!
Exatamente para que não ouçamos a vida,
Para que possa continuar sendo manipulada, a nossa lida!

Precisamos parar
Para conseguir captar
A sua imanência!
E, assim, compreender sua transcendência!

A vida não é a razão do dinheiro!

É nossa obrigação, a ela nos entregarmos, por inteiro!





Vídeo indicado:
http://www.youtube.com/watch?v=YbU0SJdmC2g



Proporcione Enlevo!


Presenteie Poesia


"Vida Alta" - Entre pelo mar da Bahia ao abrir o livro e vá parar no espaço, tendo a sensação de estar na constelação de Andrômeda!


"Ardentia" - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!


Contato: cbs263000@hotmail.com 


quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Mais Terna

 

A mão mais leve,
Com sua delicadeza,
Repleta de gentilezas...
A que se sabe breve...
É inteira!
Toda ela, brejeira...
Firme,
Mas nunca em riste!

Aquela que nasceu para o carinho...
A melhor para se dividir
A idealização,
A realização
Do ninho!
Todo ele, concebido,
Erguido,
Sobre os pilares do sorrir!

A companheira!
O esteio do enlevo,
O recreio do enredo!
Toda ela, faceira...
A que conduz
A luz!
A que brinca com o cabelo!
...Que segura o espelho...

A mão da afeição profunda,
Toda ela, segura!
Exalando ternura
E perfume de altura...
Dá vontade de apoiar
O maxilar...
Encostar a face...
...Como cai a tarde!

Confortavelmente,
Suaaaaaaaaaavemente!







Vídeo lindo
Rita Ribeiro
"O Conforto dos Teus Braços"
http://www.youtube.com/watch?v=U7v22OFO_Gk




Proporcione Enlevo!


Presenteie Poesia


"Vida Alta" - Entre pelo mar da Bahia ao abrir o livro e vá parar no espaço, na constelação de Andrômeda!


"Ardentia" - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!


Contato: cbs263000@hotmail.com 



quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

A Força da Vida




Meu sono é leve!
Uma brisa tímida sobre a pele...
Qualquer ventinho,
Qualquer barulhinho...
Está desfeito.
Já acordo daquele jeito:
Com o Olodum tocando no peito!
Pulo, quase, literalmente do leito,
Começa, com as crianças, a festa!
Farta distribuição de carinho,
Que, nunca falta em nosso ninho,
Graças à mensagem que trago,
Discretamente gravada na testa
Em neon alucinado!!!

“Só o amor viabiliza a alegria”!
Só em alegria amorosa,
Afetuosa,
É possível conhecer
O verdadeiro sentido de viver!
De pulsar,
Até quase se arrebentar!
Eloquentemente,
Visceralmente!
Como se a existência
Fosse apenas a dimensão,
Que se dá a consciência.
Fosse apenas, propagação
Indiscriminada de latência.
Irradiação perpétua daquele calor,
Responsável pelo mais sublime ardor...

Ser Amor!

A maior parte do tempo possível: Amor!

Esforçar-se!

Dedicar-se!

Afinar-se,

Entregar-se...

Como quem salta,
Confiando na divina palma,
Que o quer vivo
Lindo!
Exaltando,
Consagrando:

Amando!





Presente para
Cássio Leandro Luhmann




Esse jorro foi inspirado e é uma homenagem
À energia da obra de Renato Russo
http://www.youtube.com/watch?v=vFST1BouaFE




Proporcione Enlevo!


Presenteie Poesia


"Vida Alta" - Entre pelo mar da Bahia ao abrir o livro e vá parar no espaço, na constelação de Andrômeda!


"Ardentia" - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!


Contato: cbs263000@hotmail.com





terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Desça da Arquibancada




Preste bastante atenção ao conteúdo
De sua tela mental!
Os canais estão aí, todos à disposição.
Selecione os melhores para o seu mundo.
Seja absolutamente parcial,
A favor de sua própria evolução.

Entenda-se com seus instintos,
Decifre, meticulosamente, seus signos!
Conheça-se,
Entenda-se!
Aceite-se,
Respeite-se!

É sua obrigação
Ser seu melhor amigo.
Capriche no material
Que usará na construção
De seu abrigo.
Luz é essencial!

Desdobre sua capacidade de afeto
E a multiplique ao máximo.
Seja ávido!
Acorde,
Discorde!
Só o amor serve como teto!

Preencha todos os seus espaços,
Com possibilidades de abraços!
Sintonize peito e mente,
Com o BOM somente!
Integre-se!
Entregue-se...

A essa manhã ensolarada!
Desça da arquibancada:
Participe!
Agite!
Faça a sua parte!
Contribua para essa perfeita obra de arte:

A VIDA!









Vídeo delicioso:
Roberta Sá
"Ah, Se Eu Vou!"
http://www.youtube.com/watch?v=iphlfksCKS8&feature=related






Proporcione Enlevo!


Presenteie Poesia


"Vida Alta" - Entre pelo mar da Bahia ao abrir o livro e vá parar no espaço, na constelação de Andrômeda!


"Ardentia" - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!


Contato: cbs263000@hotmail.com


segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

A Maior!!!


 


A liberdade é a grande beleza!
A incomparável,
A inimitável!
Produto das convergências
Mais elevadas,
Aquelas, estreladas...
As misteriosas confluências,
Que se misturam, despudoradamente,
E se expandem...cinematograficamente,
Em céleres pulsações,
De alegres irradiações!

A verdade
Da liberdade
É tão evidente,
Tão arguente...
Que, de tão clara,
Cobrimos o rosto,
Deixando-a escapar,
Pelos dedos escorregar,
No sol posto!
Tornou-se rara...

Por ser farta,
Alta...
Pensam-na inatingível.
Privilégio dos sensitivos,
Dos amantes do positivo,
Do belo,
Como único elo!
É incrível!
Em tudo!
Do raso ao mais profundo!

Em todos os estágios,
Em todos os presságios...
Uma bem sucedida união de elementos:
Paz. Ágape, Afeição...
Muuuuuuita determinação!
Para se chegar ao seu dourado acabamento.
Para se ouvir sua música
Única!
Essencialmente transbordante...
Celestialmente arrepiante!





Para meu amigo 
Excelente poeta 
Emmanuel Almeida






Vídeo delicioso:
Tribalistas
"Carnavalia"
http://www.youtube.com/watch?v=xKvpnuUQY0E&feature=related



Proporcione Enlevo!!!    

Prove que você gosta:
Presenteie Poesia no Natal:

"Vida Alta" - Minha primeira obra

"Ardentia" - Um elogio à alegria e à arte de gostar!

Promoção - direto comigo - cbs263000@hotmail.com