sábado, 30 de abril de 2016

Comportas Abertas





Misericórdia! Abri as comportas da minha afeição!
Nunca fui tanto coração!!

... Aquela vontade de abraçar o mundo,
Com o meu mais alto sentimento,
O mais profundo!
Uma espécie de holístico congraçamento!

Não apenas, estar em paz, mas dividir o Bom,
Em um lírico tom!
Espalhar Poesia pelo ar
Com a naturalidade de respirar...!
Sem forçar coisa alguma.
... Coreografia de duna!

Romper com a enganação,
Sem qualquer vestígio de agressão.
Desmistificar de uma vez, a ilusão.
Vivenciar cada segundo como se estivesse em oração...
Transpor os limites da mente consciente,
Unindo o Oriente e o Ocidente!
O céu e a terra!
Meu Mar de Amar e as serras!!!

Absorver a energia
Da mais fina sintonia
Com raça,
Mas, com graça!
Mergulhar tudo em delicadeza.
Temperar com gentilezas...
Abrir o peito
Daquele constrangedor jeito,
Capaz de convencer os mais frios,
Da inutilidade do vazio.

Fazer o que mais gosto de fazer:
Agradecer!!!




"Como se fora brincadeira de roda"
https://www.youtube.com/watch?v=P39f0_aYv-Y



               tudopore-mail


Trabalho nº 3.129

Certifique-se !!

                   tudopore-mail


Quando você resolver,
Quando você entender,
De fazer um gesto para ajudar,
Ou, simplesmente, para agradar
A uma pessoa,
Certifique-se que o seu ato,
Não se transforme em desacato.
Tenha a certeza que aquilo realmente,
Agradará a pessoa.

Tenho visto,
Não só comigo,
Esdrúxulas situações,
Causando verdadeiras, emocionais devastações,
Por absoluta falta de atenção,
Por total desconhecimento,
Com relação aos mais íntimos sentimentos,
Do irmão!

Ou seja, até quando não se quer ferir,
As pessoas estão ferindo...

Reconheço que a atualidade não coopera,
Para o florescimento das individuais primaveras.
Tudo está muito violento,
Ao passo que o raciocínio está cada vez mais lento...
Mais contaminado,
Mais teleguiado...
Cada vez mais desprezado...
Na exata medida em que o gado se vê acuado...

Prestemos mais atenção aos outros,
Para não ficarmos agindo feito bobos...



"São doze pancadas, doze badaladas"

https://www.youtube.com/watch?v=wtkxsTcfWp4


 
Trabalho nº 3.128

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Caminho Irreversível !!!



Depois que você se acostuma a uma existência
Junto à natureza,
Esse caminho é irreversível.
Não dá mais para evitar o sensível...
Tarefa que a cidade grande opera com destreza.
Não é à toa que existam tantas rachaduras
Nas represas emocionais.
Já, na praia, no mato,
No mangue, no campo, na floresta,
É bem outro o conceito de festa...!!!
Facilita a preservação do delicado.
Presta-se mais atenção às evidências sensoriais...
Respeita-se mais os mandamentos claros, da altura!
É quase que obrigatório, expandir a consciência...

Existe um momento certo para se fazer essa opção,
Caso contrário será certa, a decepção.
É quando a criatura não aguenta mais a grande cidade,
Com sua absurda agressividade.
Tem que estar esgotado mesmo,
Para perceber e aproveitar as características desse enredo.

Mas, quando acontecer
Faça esse agrado ao seu viver...!!!




"Quem estiver atrás de um grande amor, achou"
https://www.youtube.com/watch?v=yWiBroAH3zw



tudopore-mail

Trabalho nº 3.127

Cada Brecha !



Aproveito cada brecha da atualidade
Para me esbaldar em felicidade!
Não sou bobo!
Nem quero pouco!
Quero o máximo que puder conseguir
Das águas cristalinas do sorrir.
Sempre optei pelos finais felizes,
Com seus inconfundíveis matizes.
Então, quando tenho oportunidade,
Uso da sensibilidade
Para espalhar essas felizes cores,
Esses incomparáveis ardores!
Entendo que seja o objetivo
De todo e qualquer destino:
A sensação de pertencimento,
Que delineia o mais belo alinhamento.

Ah! Nada como a energia alta
Para fazer aparecer o colorido verdadeiro da alma.
Sem ruídos, límpido,
Místico!
Imaculado...
Todo bordado
Em carinhos...
Em delicadezas,
Em manifestações de pureza...
... A paz do destino! 




"Quero que você me dê a mão, vamos sair"
https://www.youtube.com/watch?v=IBYKYlKJwSY&list=PL5XVqvL-XoAEB3RzTDGllNg6y9bDTyAKF&index=11


           tudopore-mail


Trabalho nº 3.126

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Burro !!!

tudopore-mail



Ah! Por que, sem qualquer explicação,
Em alguns momentos,
Eu não sigo a minha intuição???
Equívoco único!!!
... Como sou estúpido!!!
Depois fico amargando, sofrendo,
Me arrependendo...
Mas, na hora de seguir o que me veio na cabeça,
Acabo optando pelas "lógicas certezas"...
E, claro, dando com cabeça na parede,
Ao invés de me refestelar na rede...

Já era para ter consertado este entalhe,
Este fundamental detalhe.
Pois, se a intuição foi captada,
É óbvio que é para ser usada...
Detesto errar!
Tenho vontade de me quebrar!!
Ainda mais um erro besta como esse,
Inexplicável, como esse!
Minha autocensura acaba comigo.
No literal sentido!




 "Hoje eu quero cantar e cantar para os meninos daqui"

https://www.youtube.com/watch?v=6VJgY2ycQiU&index=63&list=PL2UEoiQLFGOvn4Jpa3PqN9f7P-p-oKa2M



tudopore-mail

Trabalho nº 3.125

Uma Grande Prova de Amor - Edição Extra !!!

                https://br.pinterest.com/pin/545568942336416952/


Estava eu, olhando pela janela do quarto,
Observando, da floresta, o encantado,
Neste comecinho de tarde,
Em meio a tudo que me arde…
Quando olhei para o chão na frente da casa,
Abrigo de minhas líricas asas,
Bem rente à tela,
Deparei-me com aquela inspiração de aquarela…
Lá estavam, dez pintinhos,
Todos, claro, lindinhos,
E, uma galinha, que, de pronto, não reconheci…
Corri para pegar meio pãozinho que ainda tinha,
Para dar para aquelas pequenas criaturinhas...
Quando cheguei perto, de felicidade, enlouqueci:
Era Filomena, minha amiga querida.
Uma das grandes afeições de minha vida.

Ela é, originalmente, branca,
Já velhinha,
Bem acabadinha,
Devido à sua sexualidade, nada branda,
Mas, está, no momento, amarela…
Toda suja de terra.

Fui, devagarinho,
Picando bem miudinho,
Para os filhotinhos poderem aproveitar.
Quando escapava um pedacinho um pouquinho maior,
Ela bicava,
E os picava,
Para os pimpolhos poderem saborear … !

Estiquei a cena, o quanto pude.
Devido a alguns imprevistos,
Graciosamente oferecidos,
Por humanos conhecidos,
Que insistem em me atormentar o destino,
Estava me sentindo meio rude…
Impaciente!
Um pequeno incômodo pairava em minha mente…

Depois desse presente magnífico,
Voltei para o meu estado lírico.
Corri para o computador,
Para poetizar essa recém-recebida prova de Amor.







"Não querer ser sempre, para sempre ser"

https://www.youtube.com/watch?v=MC-VQRjstjI&index=40&list=PL2UEoiQLFGOvn4Jpa3PqN9f7P-p-oKa2M





                https://br.pinterest.com/pin/545568942335879384/


Trabalho nº 3.124

Limpeza Espontânea !!!



Mais alguns dados, obedecendo a uma natural limpeza,
Em função da preservação da pureza,
Da coerência,
Que me exige a consciência,
Espontaneamente, da minha vida, caíram,
Saíram.

Mas, eram, apenas pessoas conhecidas, afiliações,
Que, em nada,
Absolutamente nada,
Cooperaram,
Ou, sequer incentivaram,
A expansão, o aprimoramento de minhas emoções.
Só fizeram aumentar a ojeriza que sinto pelas instituições,
Fúteis,
Cosmicamente inúteis,
Alimentadas pelo estabelecido,
Completamente, sem sentido.

É bom lembrar,
Tenho que ressaltar,
Que as emoções são as condutoras da matéria-prima,
De meu ofício sagrado:
Razão única de minha permanência atrevida,
No, tantas vezes incompreensível, curso
De meu lírico mundo.

Tudo que entra e sai de nossa vida,
Sem alterar coisa alguma,
Feito uma falsa promessa,
Apenas, proporcionou uma alegria passageira,
Porque, no fundo, não passou de uma sem graça brincadeira,
Ao nos deixar, merece uma modesta festa.

O importante é não perder o foco na altura,
E na sua inevitável íngreme subida.

Conclusão: tudo e todos que acabaram de sair da minha vida,
Deixaram meu discurso muito mais coerente.

Sei que não era essa a intenção,
Mas, acabou me fazendo um favor,
Potencializando-me o ardor.

Estava incomodado em pertencer a determinado tipo de instituição.
Agora, me sinto muito mais forte, muito mais arguente,
Para me concentrar na face mais bonita
Da existência,
Com muito mais pertinência.




"Se oriente rapaz"

https://www.youtube.com/watch?v=hLl9WNQvZH0



Trabalho nº 3.123

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Bobagem

tudopore-mail



Algumas criaturas têm o ego tão exacerbado,
Que fica quase impossível, qualquer tipo de contato.
Falam o tempo todo, e só de si mesmas,
Ignorando completamente suas constrangedoras nesgas...
Não ouvem. Só querem saber de se vangloriar,
De suas "supostas" conquistas.
São, completamente atrapalhados, seus pontos de vista.
Incoerentes.
Improcedentes!
São nervosas! Estão sempre prontas para odiar.
Até porque o egoísmo
Impede qualquer possibilidade de verdadeiro romantismo...

No fundo, são totalmente inseguras.
Por isso, têm que se autoafirmar a todo instante,
Ainda que de um modo bastante vacilante...
As respectivas personalidades é que são as suas torturas.
A faca que corta o próprio peito.
A cama quebrada com pretensões a leito...

É, realmente, muito difícil a convivência,
Pela total ausência de íntima pertinência.
Melhor mesmo é deixá-las falar...
Bobagem querê-las consertar!




"Dai-me a graça de viajar de graça"

https://www.youtube.com/watch?v=NyhGZJO-u-0



Trabalho nº 3.122

Boa Educação


Sou inimigo número um da vulgaridade.
Ela minimiza a vida,
Subtrai a maior conquista,
Que é a pureza.
É uma forma de aspereza,
Uma brutalidade...!!!

É feia!
Envenenada teia.
Estraga qualquer desejo,
Com seu precário texto.
Não excita.
Ao contrário, limita!

Se a vulgaridade aparece no começo de um relacionamento,
Seja qual for o batimento,
Para mim,
Já decreta o seu fim!
Nem levo adiante, para não poluir meu horizonte,
Que é a minha encantada fonte,
De onde tiro toda a inspiração,
Para dar vazão
Ao meu incurável romantismo,
Que vivo para transformar em lirismo.

Elegância no comportamento
É mais que recomendável:
É indispensável!
Sem excessos ou frescuras,
Ou, ainda,  exageradas curvaturas...
Apenas, aquele mínimo para dar um bom acabamento...

É uma forma de demonstrar boa educação,
Sólida formação!




"O seu olhar melhora o meu"
https://www.youtube.com/watch?v=p7IpxEudmJU


 

Trabalho nº 3.121

terça-feira, 26 de abril de 2016

Beleza Pura

tudopore-mail



Que beleza!
Como foi bom nunca ter resistido às mudanças,
Mesmo nunca sabendo os passos da próxima dança...
Sempre saindo no escuro,
Mas, apostando nas bases líricas de meu mundo.
Apostando em minhas românticas certezas.

Não quero pensar no que teria acontecido,
Se eu, de uma delas sequer, tivesse desistido...
Chego a me arrepiar,
A, verdadeiramente, me emocionar,
Com a fibra que tive e tenho,
Com meu valente desempenho.

Claro, que ninguém imagina as condições emocionais,
Em que as fiz.
Foram surreais!
... O tanto de que me desfiz,
Para poder continuar,
Até poder chegar
Ao meu Mar de Amar...!!!
... Até poder me conscientizar
De minha necessidade,
De habitar
O ar!
... De nunca mais pousar!!!
Como me exige, até hoje, a sensibilidade.




"Vem me abraçar, vem"

https://www.youtube.com/watch?v=PY6OvhGzE7c

 

Trabalho nº 3.120

Batida Perfeita



Cada um tem que encontrar a sua batida perfeita.
Aquele ritmo,
Que melhor traduza o seu signo.
Aquela percussão
Que faz bem ao coração,
Onde a alma se ajeita.

Aquela que provoca um discreto sorriso no rosto.
Aquela que faz o quadril se mover com gosto,
Com graça!
Não se importando se está no meio da praça...
Faz você se esquecer da idade
Provocando uma palpável felicidade,
Uma alegria
Que alivia.
Uma satisfação
Que é praticamente uma renovação.
Um bem estar
Que dá vontade de compartilhar...

O universo é musical.
O que é absolutamente sensacional!
Somos seres musicais.
Precisamos alimentar nossos contornos sensoriais.




"Investir é cultivar o amor"

https://www.youtube.com/watch?v=GmHojocaY9s
























Trabalho nº 3.119

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Até que Enfim !



A Poesia florescendo desse jeito
É um alento para qualquer peito.
É a vida me dizendo: Sim!
Até que enfim!
Também, pudera!
Semeei direitinho a minha lírica primavera.
Entreguei-me por inteiro,
Desde o verso primeiro!
Não poderia imaginar
Até onde essa atividade
A que me obrigou a eternidade
Iria chegar...

Os leitores se reconhecendo,
Poeticamente se aquecendo,
É o maior prêmio que um escritor
Com esse incansável ardor
Poderia ansiar
Para se realizar.

Impossível não agradecer
A este desenfreado perceber,
Que me lançou ao espaço
Para habitar no celestial abraço

Muito obrigado, minha vida,
Que está se desenhando dessa forma tão específica,
Tão holística,
Tão bonita!




"Um canto de paz"

https://www.youtube.com/watch?v=NQhTFrkkI64



tudopore-mail

Trabalho nº 3.118

Bem Máximo !

www.youtube.com



O que, das mais variadas formas,
Em variadas formas,
Busquei fora de mim,
Encontrei dentro... de mim!

Suponho que houve uma fusão
Entre o que sou e o que me guia.
Aquilo que me trouxe de volta,
E me colocou no centro da roda…

Por isso, consigo viver tão bem,
Aparentemente, sozinho…
Está em mim, o meu ninho.
Incorporei a fonte infinita, do além…

Agora, posso me concentrar
Em compartilhar,
Toda a afeição,
Que detecto na imensidão.
O bem máximo,
Impávido,
De poder gostar,
Tão intensamente,
Tão verdadeiramente,
Que transforma em espontâneo, este lírico voar.

Valeram todos os degraus que subi
Para estar aqui,
Sentindo-me pertencente,
A essa atmosfera carinhosamente, envolvente…
Acolhedora,
Redentora.

Criatura e Criação,
Dentro de um mesmo compasso,
Holisticamente apaixonado,
A serviço da Mansidão…!!!




"Quando eu não era ninguém, era vento, fogo e água, elementos em amálgama, no coração de Olorum"

https://www.youtube.com/watch?v=FPFXz2lGYWs





exame.abril.com.br

Trabalho nº 3.117

domingo, 24 de abril de 2016

Poderoso !





O lirismo que, nos quatro cantos do planeta, ecoa,
E, que me abençoa,
Haverá de fazer a ponte,
Entre essa tosca atualidade,
Desandada pela insensibilidade,
Ao novo horizonte.

Haverá de ser a fonte sagrada,
Que alimentará a semente do Bom,
Que virá com o novo som.
Canções aladas,
Com uma tal qualidade,
Que só poderiam ser inspiradas,
Encomendadas,
Pela eternidade.

Aquela música que deixa de ser um paliativo,
Para entrar para o rol do definitivo.
Ingrediente principal,
Fundamental,
Que, ao lado da Poesia Holística,
Drapeada pela energia Crística,
Sustentam o processo evolutivo,
Rumo ao infinito.

Tudo ligado, unido por este lirismo poderoso,
Sob todo e qualquer prisma, delicioso.
Incisivo, porém totalmente inclusivo.
Muuuuuuuuuuito delicado,
Desavergonhadamente apaixonado…
Detentor de todas as honras e glórias do Bonito!




"Eu vim de bem longe, eu vim, nem sei de onde é que eu vim"

https://www.youtube.com/watch?v=3rXALsQvhHM



   world-x-movement.deviantart.com
 
 Trabalho nº 3.116

sábado, 23 de abril de 2016

As Porcarias Impostas

tudopore-mail


Eu tento ver tudo,
Assistir tudo,
Para poder saber, de verdade
Se gosto, ou não.
Mas, não tem jeito.
Detesto a vigente mediocridade.
Não chega perto, de me tocar o peito...
Não me emociona.
Nada me adiciona,
Esses produtos pré-fabricados,
Pasteurizados,
Tanto na música, como na poesia...
Tanta porcaria!!!
Tanta coisa repetida...
Tanta hipocrisia!

Sempre o dinheiro corrompendo tudo,
Virando ao avesso, o mundo.

Felizmente, a verdadeira Arte sempre consegue escapar
Das amarras,
Das garras,
Da indústria do entretenimento e da cultura,
Ambas, tão avessas às propriedades da altura.
Na rede, nos pequenos teatros, ainda é possível suspirar...
É questão de garimpar
E prestigiar.

Continuo afirmando que a Arte tem responsabilidade,
Para recuperarmos da beira do abismo, a sociedade.




Um maravilhoso exemplo de Arte
https://www.youtube.com/watch?v=iTBcdPbXmvc



Trabalho nº 3.115

Às Claras !


Felizmente,
Ultimamente,
Tenho detectado de pronto,
Quando algo me desapontará, ao menos, um pouco.
Tenho encarado a realidade
Sem projeções,
Ou, exageradas expectativas.
Lucidez é a minha alternativa,
Para preservar as melhores sensações.
Sempre a verdade
Oferecendo a melhor paisagem,
A mais segura passagem.

Basta de ilusões,
Dentro da ilusão.
Isso acaba com qualquer coração.
Ainda mais um alucinado como esse meu.
Romantismo que arrefeceu,
Ganhou vida própria,
Desafiando essa atualidade tão inóspita!
Ganhou os ares
Construindo etéreos altares,
Aos elementos da universal natureza.
Adepto confesso da interior beleza.
A beleza dos sentimentos,
Dos afetivos alinhamentos!

Tenho colocado todas as cartas na mesa,
Questionado
E testado
Todas as minhas certezas.
Só quero dentro de mim, as sobreviventes,
As procedentes,
Para este momento.
Não quero difusos argumentos.

A existência, quando, às claras,
Produz as emoções mais caras.




"E o galã se espalhando, dando"

https://www.youtube.com/watch?v=H7wSv3lHuKM


tudopore-mail

Trabalho nº 3.114

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Arfando ... !



Nossos corpos estabeleceram um comunicação
Particular...
Um jeito próprio de se comunicarem
Para se ligarem...
Tudo à nossa revelia!
Uma autêntica sensual rebeldia!
Uma sexual revolução!
O tom adequado para praticarem o arfar...

Quando o sexo é assim tão forte,
Com tão profundo corte,
A fidelidade é espontânea,
Por ser subcutânea!
Um corpo só pensa,
Só deseja,
Aquele outro corpo.
Uma espécie de meta,
Para a qual se caminha em linha reta.
Não há desvios,
Nem tentações pelo caminho,
Capazes de desviar a atenção
De tamanha atração.

Devido aos ruídos desta atualidade,
Não é muito comum isso acontecer...
O mais fácil é: as personalidades
Colocarem o bom a perder!

O desejo tem que ser genuíno,
Para determinar este tipo de versos ao romântico hino!




"Pode parecer conversa, mas eu sinto que você é a pessoa"

https://www.youtube.com/watch?v=BhCu2XuamVU



tudopore-mail

Trabalho nº 3.113

Apreciar a Passarada !

tudopore-mail


Trocar a pegada
Para com a vida
É muito bom.
Arriscar um outro som...
Outra formatação,
Até para aumentar
E qualificar
A inspiração...

Outros aromas, adoro cheiros,
Temperos...
Gosto da vida
Colorida!
Nada de branco e preto.
É technicolor o meu ensejo.

Nada de ficar marcando passo.
É grandioso, o que nos reserva o espaço.
Já perdemos tempo demais com mesquinharias,
Com vergonhosas ninharias...!
Agora chega de sandices
E esquisitices.
Não podemos continuar errando,
Continuar nos enganando,
Por toda a eternidade,
Falsificando nossa espiritualidade.

É hora de falar a verdade.
Aliás, é hora de conhecer a verdade.
Deixar que ela se revele
E nos eleve...
Mais nada!
... O resto é apreciar a passarada!!!




"Eu voltei, agora pra ficar, porque aqui, aqui é meu lugar"
https://www.youtube.com/watch?v=YoHj_7gKLrw




Trabalho nº 3.112

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Aplausos !!

tudopore-mail


Conseguir resolver, ao menos alguns, percalços,
É um prazer comparável ao de, na areia, andar descalço...
Passei um sufoco danado,
Com um monte de dados malvados
Rolando em minha mente...
Ainda mais para mim que me preocupo demasiadamente...

Gostaria muitíssimo de ser mais frio,
Mas, não consigo.
Já melhorei muito. Era muito pior!
Hoje consigo me controlar um pouco melhor...
Mas, ainda assim, atropelo o tempo,
Na aflição de meu sentimento!

Estava com um acúmulo de casos mal resolvidos.
Tive que ir de um a um, esclarecendo,
Resolvendo...
Um desgaste necessário,
Para dar conta do que me bateu como arbitrário.
Não me admito mais permanecer ferido...
... Chorando,
Sangrando!

Isso é coisa do passado.
Quero os meus dias claros,
Aqui, na Bahia,
Onde não para de se expandir a minha "Ardentia"





"Eu, hein, nem pensar"

https://www.youtube.com/watch?v=Vigadmr3CGk






Trabalho nº 3.111

Amanhecer Invencível !


www.artmajeur.com


Existe um invencível amanhecer...
É aquele ao lado do bem-querer!!!
Poesia física...
Espontaneamente mística!
Certificar-se da presença do corpo amado,
Imediatamente nos leva a um estado
De gratidão,
Misturado com paixão!
O rosto se descontrai,
Enquanto o ventre se contrai...

Desejo dobrado!!
Coisa de apaixonado!
O melhor jeito de se começar um dia!
Com a feliz harmonia
Proporcionada pela afeição,
Jorrando em profusão,
Pela palma,
Mas, com calma...
Afinal, o bem-querer ainda dorme...
... Vai aumentando aos poucos,
A febre boa que consome,
Privilégio dos completamente loucos...

Ficar observando o ser amado acordar...
Chega a dar uma vontade danada de cantar...
... Talvez, de pintar...
Para esta cena, imortalizar!!!




"Atrasei os ponteiros pra ficar"

https://www.youtube.com/watch?v=RGAkec0UEWc



wp.clicrbs.com.br

Trabalho nº 3.110

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Algumas

         tudopore-mail


Algumas coisas ruins,
São, até o fim: ruins!
Felizmente, elas terminam.
Cedo ou tarde, se acabam.
Simplesmente, desabam.
... O pior é quando germinam!!!

Quando elas se vão é um alívio tão grande...
Um conforto gigante!
Passamos a respirar direito.
Desaparece aquele peso no peito...
Vê-se que valeu resistir.
Não desistir.

É bom não esquecermos que tudo está em movimento.
Isso ajuda a preservar os nossos batimentos.
Nada é, de verdade, para sempre.
... Há, em todas as ocasiões, algo que passa por entre...
Algo que desconhecemos.
Que mal e mal percebemos.

Este conhecimento alivia a maioria dos abatimentos,
Ajuda-nos a permanecermos próximos ao equilíbrio,
Ao ideal alinhamento,
Dentro dos cósmicos trilhos.




"Estrela, estrela, como ser assim"

https://www.youtube.com/watch?v=IGTzrylyqkY



Trabalho nº 3.109

Ainda Espero

tudopore-mail

Quem diria,
Quem imaginar poderia,
Que eu ainda teria todas essas batalhas
Para enfrentar...
Todas tão acirradas!
Não poderia supor que eu iria aguentar...
Suportar,
Transmutar
Tudo,
Todo o lixo,
Do vigente egoísmo...
Todo o entulho
Desse momento mundial imundo...
Literalmente tudo,
Em Poesia...!!!
Isso sim, é valentia!

Minha reação perante os últimos ataques
Tem sido exemplar, surpreendente,
De tão prudente!
Ainda que, com algumas sequelas,
Devido à violência dos baques,
Mas, sem destruir o perfume de minhas primaveras...
Fruto delicioso de uma maturidade,
Que se lançou para defender,
Para proteger
A sensibilidade!
Sensibilidade essa, que já estava condenada,
De tão pisoteada!

Ainda espero um tempo tranquilo,
Onde possa escrever apenas sobre as belezas,
As riquezas,
Do celestial hino!




"Acreditar na existência dourada do sol"
https://www.youtube.com/watch?v=UvDYZgpyydU

 
Trabalho nº 3.108

terça-feira, 19 de abril de 2016

Completamente Comovido !!!

tudopore-mail


Fiquei parado em frente ao computador,
Pensando se, sobre isso, deveria escrever…
Como não tenho opção, resolvi ceder.
É a melhor maneira de eu lidar com essa espécie de dor…

Não é uma dor, ruim.
Tenho em mim,
Que seria muito pior, nunca mais sentir essa comoção,
Que me invadiu o coração,
Dessa forma tão avassaladora,
Tão arrebatadora!

Ouvir aquela voz gritando: “Claudiooooo, eu te aaaaamooo”
Do outro lado da rua…
Sinceramente, pegou minha alma nua…
Imediatamente, fiquei um pouco tonto…
Quero dizer, um pouco mais tonto.
Uma pequena parte de mim, quis acreditar que era brincadeira…
O que me evitou, uma provável tremedeira.

Alguns minutos depois, abordou-me, novamente,
Incisivamente,
A mesma voz,
Expondo, imediatamente, o que restou de meus nós…
Ficou olhando meu corpo encharcado pelo temporal...
Bermuda e camiseta grudadas em meu corpo…
A voz não tirou os olhos de meu corpo…
Entramos em um vácuo atemporal.

Não posso precisar, exatamente, o que aconteceu em seguida.
Lembro-me de ver aquele corpo se dirigindo ao meu,
Com a determinação de um roseiral que floresceu…
Assustadíssimo, fiquei na minha…

 - Que sempre foi sua… -
Desde o nosso primeiro instante,
Desde o seu primeiro rompante…

A voz, envolvendo-me em um abraço,
Do tipo: bem agarrado!
Fez umas gracinhas, uns elogios obscenos…
Passou a mão pelo meu peito,
De um jeito…
E eu, procurando mentalmente, minhas falas no texto…
Não as encontrei.
Seus lábios iam tocando minha boca, mas eu desviei.
Algumas pessoas observavam atônitas,
Sua explosão atômica.
O beijo, pegou no rosto.
Mas, teve aquele gosto…

De promessa
De festa!

Subi na mototáxi e vim para casa.
Aqui chegando, abri bem as asas
E disparei rumo ao infinito,
Morada desses sentimentos tão bonitos.

Completamente comovido,
Um pouco aturdido…
Banhado em lágrimas
Apaixonadamente ávidas,
Resolvi escrever e publicar estes versos,
Como uma forma de agradecer ao Universo,
Por me proporcionar,
Mais essa experiência quântica, de perder o ar...




"Tudo que eu queria"

https://www.youtube.com/watch?v=6tGXq_gUHno



 Trabalho nº 3.107

Águas da Vida

www.agroin.com.br


Quero mergulhar,
Me aprofundar,
Nas profundezas do rio,
Da Criação,
Que preenche todo e qualquer vazio...
Onde principia toda a ação.
Quero chegar no princípio
Do início.
Onde as águas se enaltecem,
E com sua metodologia,
Nos ensinam a mais elevada melodia...
... Aquelas notas musicais que nos aquecem!

O frio se torna em brisa.
As pedras são coloridas.
Onde o vento sopra
E se desloca
Sobre o verde da espiga
Ao alvorecer de cada dia,
Em uma inconcebível harmonia...

Onde o sol nasce,
No estampar da nossa face...
No maremoto das águas
Lisas como brasas!
Onde, na primeira nascente,
Há o astro rei, contundente,
Emitindo raios de luz,
A que toda a humanidade,
Com humildade,
Deveria fazer jus,
Na esverdeadas algas,
Das espaciais matas!




"Clareia manhã"
https://www.youtube.com/watch?v=V0_5HfjcGQc 



 www.onordeste.com

Trabalho nº 3106