terça-feira, 14 de maio de 2013

Hum !!!







Delícia: um beijo no pescoço,
Durante um abraço,
É capaz de causar considerável alvoroço.
Capaz de eliminar qualquer inchaço!

Tudo tão surpreendente,
Quanto envolvente.
O poder milagroso de um carinho,
Capaz de alterar o curso de um destino.
Estamos todos tão travados,
Em nossa preciosa afetividade,
Que, quando somos abençoados,
Com alguma receptividade,
Derretemo-nos todos,
Feito meninos bobos...

Você invadiu minha vida.
Tentei, apenas, devolver,
Apresentando-lhe alguns pontos de vista,
Que acreditei poderem lhe ser úteis.
Não daria para prever, que iríamos nos envolver,
Com tanta sinceridade,
Com tão expressiva amizade.
Já há indícios de cumplicidade,
Como sempre recomenda a eternidade.

Não posso precisar onde chegaremos...
Sei que nenhum dos dois está no mesmo lugar.
Imaginar-me em você, obriga-me a poetar!
... É certo que amanheceremos!



Música linda
http://www.youtube.com/watch?v=nVG1ET3UZE0




2 comentários:

LUCONI disse...

Boa noite Claudio, saudosa deste teu maravilhoso espaço, nossa poeta eu adorei esta história contada de forma poética, espero que seja verdade, é tão gostoso esta parte da vida quando encontramo alguém e sem perceber aos poucos vamos nos envolvendo, é lindo, beijos Luconi

Ana Bailune disse...

Hum! Lindo poema, Cláudio. Bom dia!