sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Para Todos os Amigos de Minha Vida Toda

www.mundodastribos.com       


         Sempre fui muito tímido. Um medo danado de desagradar... Por outro lado sempre tive muita VIDA explodindo dentro de mim. Então, quando encontrava, ou encontro receptividade, solto-me. Brinco, rio, faço palhaçada, falo muito, se me deixarem. Resultado: a vida toda tive poucos amigos, mas intensos. Amizades profundas, que até a virada do século partilhavam todos os detalhes de minha vida. 
         Engraçado que se fossem sabatinados hoje, aposto que todos excluiriam traços, passagens, percepções, reações minhas, que julgaram desimportantes. E, como a partir de meu encontro com o mar, em Paraty, passei a não mais contar tudo para todos, principalmente, porque percebi que minha vida era tão diversificada e ao mesmo tempo inverossímil, que ninguém tinha obrigação de me acompanhar em todas as áreas, posso concluir que ninguém mais sabe tudo o que aconteceu comigo. 
         Lá na infância, antes de ser contaminado com as desventuras humanas, não era tão complicado assim. Era feliz. Gostava imensamente de minha mãe e minha irmã. Tinha um pouco de medo de meu pai, que me foi enfiado goela abaixo pelas outras duas, que passaram a vida desmoralizando radicalmente o cidadão. Claro, que o tempo inverteu todo este quadro... Se hoje tenho minha Lancheria e moro onde escolheu o meu coração alucinado, devo a ele, que, antes de morrer, tratou de me proteger como pode. Ele sabia, ela sabia, a mãe, o que viria a seguir... 
        Minha mãe Helena tinha convicções bem autorais... para ser delicado. Pregou ela, a vida toda que só o que importa é a família. (Aos trinta anos descobri em meio a uma terrível briga, que havia sido adotado com uma semana de vida!!!) Dizia ela também que amigos não devem ocupar espaço relevante em nossa atenção. Tanto acreditava nisso, que só teve uma amiga, que via bem esporadicamente. Minha irmã também era comportada neste quesito e não apresentava em casa, muitas amigas. Conforme fui crescendo foi aumentando o número de amigos. Também, proporcionalmente, o atrito com os pais, principalmente com a mãe. 
       Sempre existiam aqueles mais íntimos, no momento. Mas, a casa era muito frequentada. Ouvir música e comentá-las era nosso prato preferido. Ficávamos horas e horas ouvindo, cantando, dançando junto com Bethânia, Gal, Elis, Caetano, Maria Alcina (adorávamos, ríamos muito com ela),Ney Matogrosso, Rita Lee, Gil, Caetano, muito Chico, muito Milton! Foi essa informação que guardei. A que adquiri com a música em primeiríssimo lugar, a poesia veio depois. Foi assim que me formei, que formei meu caráter, a visão de vida que está sempre mudando, em busca de mais alegria, de mais carinho.
       Não fosse o carinho de meus amigos, até hoje, já não mais seria. Não tive chance de constituir família. Vivo sozinho! A amizade foi o bote salva-vidas, em todos os inúmeros momentos de extremo desespero que tive que viver, proporcionados por quem deveria ser porto... Obviamente que não fui justo com todos, o tempo todo. Mas, misericórdia, como gostei deles. Como gosto dos que estão comigo de alguma forma, hoje em dia! 
             Amizade é Amor Puro!
             É Tudo! 
             Cuide muito bem de seu Amigo!



Divirtam-se:
http://www.youtube.com/watch?v=lS0IHvx8_7U






12 comentários:

Anônimo disse...

***** Salve, salve!* como um anjo, sempre estou contigo... Deixo aqi um carinho especial na força da Chama Rosa*** Abraço vc menino* >>> Narlei

Ana Bailune disse...

Olá, Cláudio. Você teve uma infância rica, pois esteve cercado por sua família e amigos. Um texto bonito, simples e cheio de verdade... mudando de assunto: Que coisa incrível, o cardápio! Achei muito criativa a sua ideia.

Anônimo disse...

Claudinhooooo...amigos são imortais pra quem os ama! Sempre vem no mesmo patamar que eu em minha vida. Levo comigo e nunca deixo, embora já tenha sido deixada...mas isso é coisa do passado, coisas da vida, de falta de entendimentos. Talvez até sentimentos. Enfim...como não posso fazer parte de sua vida pessoalmente, e virtualmente é distante, em pensamentos eu me coloco muito presente. Mesmo quando não te leio...to te lembrando diariamente. Um beijo enormeeeeeee! Junya

MARCUS MURYEL disse...

E como eu gosto de Você misericórdia rs, cara eu estou em uma rotina tão atribulada de trabalho, agora sou gerente em um prédio comercial em SP., já fazem 2 meses, e conciliar o prazer de blogar, facebookear, twittar e etc, está sendo muito difícil, estamos sem banda larga em casa, e ainda está sem, no meu trabalho, por ser um prédio recém inaugurado, e viver virtualmente do 3G, não está sendo nada fácil kkkk, mas estamos vivendo, e se pelo pouco tempo e falta de conexão, chego hoje aqui, mas também e principalmente, pelo carinho e admiração que tenho por Ti, que Benção Divina ler "Claudio o Poeta by Claudio o Poeta" meu Deus.... Em vários trechos me vi, li, lembrei.... Sabe, apesar de eu ter esposa e filhos, e uma família grande, vim me aproximar de minha família pós casamento, era "meio afastado" do "núcleo familiar" por várias questões, mas nem "a mais ampla tolerância na mais irrestrita independência" rs, me fazia se aproximar deles rsrsrs.... Liberdade, Igualdade e Fraternidade falava mais alto que sentimentos familiares quase obrigatórios, e ainda fala, MAS, só foi depois de casar e filhos que consegui agregá-los em minha vida mesmo e, antes disso, MINHA FAMÍLIA era meus Amigos (ainda é, também, de certa forma rs), TINHA MUITOS, centenas como ainda tenho, mas POUCOS E BONS, estes sim me faziam e traziam, "o bem estar" familiar.... E.... Enfim N/nosso Amigo Poeta e Gênio.... Veja/leia semelhanças rs..... Por tudo isso e pelas diferenças TAMBÉM, afinal, eu gosto MUITO das diferenças, e pelo belo, as suas letras sempre holísticas, poéticas, existenciais.... POR TUDO ISSO E rs PELA ORQUÍDEA LINDA KKK, e a (salve) N/nossa MPB..... Por tudo e mais, do teu infinito particular.... OBRIGADO PELO PRAZER E AMIZADE POETA!!!! Normalmente quando eu gosto MUITO de algo eu "me enrolo todo" emocionado kkkkk.....

ÓTIMO fim de semana N/nosso Amigo.....

Abraços & Beijos N/nossos....
Muryel & Sheila....

Claudio Poeta disse...

Muito, muito, muito, muito obrigado Narlei, Ana, Junya e Marcus! Marcus você é demais! Brigadaço Sheila! HAJA CORAÇÃO!

Anônimo disse...

Meu amigo, a distância é o que menos importa, o carinho vindo do coração é mais palpável do que qualquer coisa...estou sempre com vc em pensamento já que a km é longa...rs
Eu descobri junto com a poesia a importância de ter amigos, poucos mas os escolhidos p compartilhar o dia-a-dia...é fundamental para todos nós ter sempre com quem contar, receber um abraço, uma palavra de aconchego...um ouvido p escutar nossos lamentos...um sorriso p compartilhar as alegrias...e uma mão p secar nossas lágrimas as vezes p dar um tapa na cara e nos fazer vislumbrar o presente diário que nos é proporcionado ... A VIDA !!!
Eu só tenho a lhe agradecer ... obrigada pela sua amizade.
Muitos beijos
Tenha sempre dias de alegria em sua vida.
Franciane Monteiro

Flor da Vida (Suelzy Quinta) disse...

Em poucas palavras você descreveu sua vida... Emocionante!

Meu anjo amigo, não tenho palavras para dizer desta emoção que me abraça em saber que o tenho em minha vida mesmo sendo assim, à distancia...

Que a nossa amizade floresça cada dia mais neste imenso jardim chamado amor!

Beijos perfumados.

artes e literatura disse...

A vida é assim mesmo e eu me identifico muito com você. Acho que lidamos bem com a solidão e amamos nossos amigos e sabemos levar a vida que temos hoje. Só falta eu aportar um dia em Itacaré !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Grande beijo, Claudio !!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Você teve e tem valores preciosos meu amigo!E eu simplesmente te adoro!E aprendo muito com cada texto teu que eu leio!Beijos e Sorrisos/ Patrícia (Flor Morenna)

Anônimo disse...

Claudio querido, meus amigos estão sempre em meu coração e assim os levo pra todo lugar e não os perco...rsrs...
Você foi entrando na nossa vida devagar e conquistando um GRANDE lugar , reservado pros amigos mais que especiais.Louis e eu te amamos e o respeitamos como Poeta mas sobretudo como esse SER humano tão rico e cheio de Luz.
Queremos continuar caminhando juntos, viu?
beijos no coração

Anônimo disse...

COMO MUITOS POETAS, CHEGAMOS,CHEGO ENTRE OS AMIGOS DO MAIS TARDE, SE OS PRIMEIROS GANHARAM A ENERGIA, NÓS QUE CHEGAMOS AGORA GANHAMOS NÓS O BRILHO DA MATURIDADE...SE ELES TIVERAM COMO FUNDO UMA BELA TRILHA SONORA, TEMOS NÓS AS VOZES DA TUA BELA POESIA. CLAUDIO POETA, O POETA DA PERFEIÇÃO DE ALGA MARINHA E TODOS NÓS, PARABÉNS PELA TUA GARRA, TUA SENSIBILIDADE, TUA AMIZADE, TEU APOIO E CARINHO. É MUITO BOM VER AOS POUCOS E AOS MUITOS O TEU CRESCIMENTO, NA VERDADE O TEU RECONHECIMENTO. TODOS NÓS TEMOS LEMBRANÇAS TRISTES E ALEGRES DA VIDA, O IMPORTANTE É QUE TU SOUBESTES FAZER DELAS TEOSUROS. QUE SEJAS MUITO FELIZ, QUE TENHA SEMPRE A POESIA E O MAR CONTIGO, MAR DE LETRAS E MAR DE ÁGUAS. QUE CONTINUE NOS ILUMINANDO MUITO, NESTA ÉPOCA EM QUE DE VEZ EM QUANDO A IDADE MÉDIA AMEAÇA VOLTAR, NÃO SÓE EM TREVAS, MAS TAMBÉM EM VIOLÊNCIA IMEDIDAS, ENTÃOI NUNCA FOI TÃO IMPORTANTE A TUA POESIA COMO AGGORA. FICA COM DEUS, UM ABRAÇO, MEU CARIMHO, AMIZADE E ADMIRAÇÃO PARA SEMPRE. ABRAÇOS.
MAURICIO DE AZEVEDO

io disse...

querido amigo, me sinto privilegiada de fazer parte da sua vida. Falou de sua vida com muita sutileza, leveza e verdades . Sei como é bom ficar com voce, batendo papo, ouvindo, falando, sentindo suas lindas poesias . Continuo torcendo por vc. Tamo junto e misturado. Paz no coraçao e muita luz na sua vida. um bj