segunda-feira, 7 de maio de 2012

Enquanto Puder Perceber





Pensei que sossegaria,
Ao vir pra Bahia...
Teria uma vida calma e tranquila!
Só acertei, que seria muito bonita!


Entretanto, a velocidade,
A intensidade!
Quem haveria de supor?
...Esse insuperável ardor!


O corpo emocional
Tornou-se uma fogueira sensacional!
Como é bom, apaixonar-se pelo chão!
Cada grão...


Cada gota de orvalho...
Um mar
Feito pra se sonhar...
Para velejar...


Docemente,
Delicadamente,
Nas asas das mais sinceras inspirações...
Desencadeando aquelas inexplicáveis sensações!


Itacaré, vista pelas lentes da poesia,
Impacta-me em “Ardentia”!


Sinto-me um privilegiado,
Por conseguir viver o dia todo,
Todo dia,
Arrebatado!
Completamente arrefecido,
Em seu mais alto sentido!


Poder escrever
A qualquer momento,
Em que transborde um sentimento,
Um bom argumento!
Algo que possa proporcionar,
Algum holístico desenvolvimento...
Proporciona um prazer de viver...
De deixar as faces ruborizadas,
De tão realizadas.
Eita! É de arrepiar!


Agradecer, agradecer, agradecer,
Agradecer, agradecer, agradecer!


O melhor de tudo,
O encantado de meu mundo:
Escrever, escrever, escrever,
Enquanto puder perceber!








Vídeo indicado
Mariana Aydar
"Força Estranha"
http://www.youtube.com/watch?v=NYhx5W3RinQ




4 comentários:

Mari Rehermann disse...

Perfeito!!
Sem palavras...

Tenha um ótima semana!!
Beios!♥

Anônimo disse...

...Maravilhosa viagem faço pelos seus versos...Que coisa fabulosa! parabéns! meu carinho e meu beijo

Anônimo disse...

***** Eita Vida Alta!* Quanta maravilha em?!* Imagens, música D+++++ Poeta... Parabéns!* Abraço vc!* >>> Narlei*

Anônimo disse...

GIGANTEEEEE! esqueci de assinar na "maravilhosa viagem" que falha!!!(rsrsrsrs). Beijos. Lety