sexta-feira, 2 de outubro de 2015

O Amor Continua

tudopore-mail 




O Amor continua produzindo verdadeiros espetáculos,
Jamais previstos, ou possíveis de se prever,
Em qualquer oráculo!

Sem dúvida alguma o ponto alto do viver!

Aquele, que se pudéssemos, não nos separaríamos,
Para sempre continuaríamos,
Ali,  juntinhos,
Em nosso móvel ninho...
Aquele, que valida qualquer existência.
Aquele que espontaneamente nos expande a consciência.

O verso mais profundo
E mais puro!

Obstáculos? Percalços?
O que são obstáculos e percalços,
Diante da magnitude...
Da plenitude,
Só possível através do Amor?
Refiro-me àquele que nunca rimou com dor!

Tem mais, hein? Afirmo-lhes que o Amor não morre!
Não há o que o dobre!
É o celestial cobre,
Com o qual a Eternidade nos acolhe...!


De tanto Amar
Espalhei o seu olhar!!!




Agradecimento especial à minha amiga, Jaine Pereira!


"Eu só levo a certeza de que muito pouco eu sei, ou nada sei"


tudopore-mail














Trabalho nº 2688

Um comentário:

Jaine Pereira disse...

Vou fazer um comentário apenas com uma frase... "Não há vendaval que possa tirar você do chão ou desmontar suas estruturas, se você tiver em si uma tempestade de fé."Tu és uma estrela que nos ofertou uma poesia de beleza, esperança , gratidão para com os que ficaram e puderam contar a história. Agradecida por nos brindar tão belo mimo. Abraços de ternura!