segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

A Sobra





Por todo lado,
O que se vê, é abuso...
A educação está em desuso.
A ética desapareceu,
Perante o império do Eu!
O egoísmo foi institucionalizado!

Ninguém mais agradece.
A humanidade empobrece,
A olhos nus,
Com seus gestos crus...
A cegueira é tal,
Que chega a ser conceitual!

Todos os valores trocados,
Comportamentos esgotados...
Fórmulas impossíveis,
Para metas inacessíveis.
Barganhas,
Engendradas em mentes tacanhas!

Manipulações,
Degradações...
Mentiras
E mais mentiras
Apodrecendo tudo,
Que deveria florescer no mundo.

A falsidade a serviço da ambição,
É garantia de desertificação...
A ingratidão...!!!
Maculando toda boa intenção.
A estupidez
Falsificando a altivez!

Se não existisse a certeza em mim,
Que esse desastre está no fim,
Eu desistiria!
Enlouqueceria...
Mas, tudo vai melhorar,
Até por não ter mais pra onde se virar...

Se os erros não fossem tão absurdos,
Se não tivesse afunilado tanto, o caminho do mundo,
Chafurdaríamos ainda, por um bom tempo,
Nesse arremedo de segmento.
Entretanto, sem querer, fomos espertos.
Eliminamos todos os destinos. Só nos sobrou o certo!









Vídeo indicado
Pedro Mariano e Tó Brandileone
"Pra Você Dar o Nome"
http://www.youtube.com/watch?v=SN7z0lhA_f8&feature=related



Proporcione Enlevo!

Presenteie Poesia

"Vida Alta" - Entre pelo mar da Bahia ao abrir o livro e vá parar no espaço, tendo a sensação de estar na constelação de Andrômeda!

"Ardentia" - Versos arrebatados! Novo enquadramento para antigos questionamentos. - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!

Contato: cbs263000@hotmail.com    






2 comentários:

Nuvembranca disse...

Bárbaro! Boa noite. Beijo da nuvem.

Nuvembranca disse...

Bárbaro! Boa noite. Beijo da nuvem.