quinta-feira, 10 de novembro de 2011

1ª Festa Lírica de Minha Chegada à Itacaré!!!! - De 10 a 17 de novembro



Estão oficialmente inauguradas as comemorações
Das primorosas sensações,
Que venho captando nessa cidade,
Um verdadeiro convite à sensibilidade,
À delicadeza,
À pureza!

Confesso que cheguei predisposto a me entregar,
A me apaixonar
Por esse lugar,
Onde é potencializado,
Como em nenhum outro,
O suspirar!
Fui, absolutamente, devastado
Pelos seus contornos...

Sua geografia
Que elogia a harmonia!
Sua gente
Inocente...
Vim parar no portal da floresta,
Para minha mais plena festa!
Fui recepcionado por passarinhos...
Depois chegaram os miquinhos!

Todo esse tempo fiz questão,
Paguei o preço,
De viver em poesia,
Validando meu enredo.
Reescrevendo minha melodia,
Com esse reanimado coração,
Que caminhava para um fim desastroso.
Acabei descobrindo um molejo saboroso...
Um pouco diferente do que tinha pensado,
Mas, inegavelmente, encantado.

Ser poeta na Bahia,
Mergulhou-me em pleonasmo...
Trouxe à minha sinfonia
O sabor de um celestial orgasmo!
Místico,
Sísmico!
Crístico...
Holístico!





Começando a festa
Quebra tudo, Maria Rita:
http://www.youtube.com/watch?v=buBX9tRS7q0&feature=feedu



Ao cair da tarde, publicarei outro texto:  - "Com Propriedade" - 
Aguardo-os, amigos!







Presente de meu amigo Nasser Queiroga



Resolvi ser feliz
Por isto sorriu…Contagio
Levo a alegria no ar
Transformo ao passar
Estou decidido…Bem determinado
Nada pode parar
E meu estado de espírito
Sem negociação
O que sinto no peito
E algo grandioso
Que já nasceu pulando
Contagiando e mudando
Num peito criança
Que brinca de roda
Cheio de esperança
Verseja e canta
Deixando ao passar
Um rastro florido
Um cordão de amigos
Em vidas e lugar!
Não guardo no peito
Mágoas ou temor
Deixei-os para trás
Junto às frustrações
Não levo comigo
Tristezas ou tormentos
Só carrego alegrias
Gargalhar e magias
Amo a noite e o dia
O dormir e o acordar
Amo o brilho do sol
O esplendor do luar
O brilho das estrelas
Amo a noite e o dia
O mar o luar……!
O pássaro que canta
O abrir de um rosa
O perfume das flores…..
A criança sorrindo
O velho que e velho
E o velho criança
Que ensina a vida
E produz esperança
A vida na grávida
O jovem amando
Os sonhos almejando
Por isto nem tente
Não posso… Não quero
E não vou parar‼‼!
E mesmo que tente
E não vou conseguir
E’ que dentro de mim
Existe um ser
Que vive a sorrir
Que brinca e canta….
E ama o amar

Homenagem ao meu amigo Claudio Poeta

 





Presente de Welinton:
http://www.recantodasletras.com.br/poesiasdepaz/3327579



Dentro de 11 dias, nova tiragem de "Ardentia"
Direto comigo: cbs263000@hotmail.com


5 comentários:

Anônimo disse...

***** Bom dia querido poeta!*
Seu coração é de ouro puro!*!*!*
E as inspirações estão a todo vapor em?... Parabéns!* Alegria, alegria e muita festa*^^~~**~~^^* Um beijo no coração!*>>> Narlei*

Janynha Flor disse...

festa! festa! festa!!!
só de saber q agora vc é só sorrisos, suas palavras tem gosto de cocada e seus poemas tem a malemolência e a sedução da ginga baiana...vc realmente é preto por natureza!
Meu"Preto Poeta"
parabéns!!!

Anônimo disse...

...E vai rolar a festa!!!daqui as sensações são maravilhosas...oficialmente participo com você dessa alegria...Ser poeta na Bahia, lhe fez muito mais feliz e por isso sou feliz também, então vamos comemorar com os melhores sabores e amores...Lindo! lindo! parabéns...Meu carinho e meu beijo. Lety

Obs.: Que duplo presentaço!!! você merece meu GIGANTE...Imagino tamanha emoção.

Toninhobira disse...

Fico feliz com toda esta alegria que nossa Bahia lhe causou e abraçou toda sua Aedentia.
Um abração amigo.

artes e literatura disse...

Parabéns, Claudio! Por esta vida maravilhosa em poesia!!! Quanta inspiração!!! Beijos, Aninha