sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Algo Poderoso!





Vivendo para aprender.
Aprendendo para bem viver!

Quantas lições em um dia!
Quantos detalhes deixamos passar
Desta linda melodia,
Por nos recusarmos a acordar!

Interessante notar,
Que toda a aprendizagem
Sobre esta inacreditável paisagem,
Passa, obrigatoriamente,
Inelutavelmente,
Pela obrigação/necessidade de AMAR!

Estes últimos dias,
Com meu companheiro canino, em agonia...
...Já com metade de seu ser nos braços da morte,
Percebo, claramente, onde está o corte
Da sorte,
De quem elegeu a afeição como Norte!

Todos os resultados em minha vida,
Íngreme subida,
São consequências do que amei,
Mas, também, do que não me afeiçoei...
Todos os frutos no pessoal pomar,
São da árvore de GOSTAR!

Os frutos que não vingaram,
Os galhos que quebraram,
Tudo foi por falta de amor.
...Tanta dor!
Em compensação, o enlevo que desfruto,
É a volta de toda afeição que arremessei ao mundo.

Com uma originalidade incrível,
É bem verdade!
Demorei até hoje cedo
Para entender a profundidade
Deste alucinado contexto.
O retorno, por vezes, não é visível.

É enviesado,
Completamente, inesperado.
Imprevisível,
Evocando a permanência no sensível.
Caso contrário,
Não será identificado, pelo racional itinerário.

Bob está há seis dias,
Sem definir o andamento de sua melodia.
O que o segura é o amor infinito,
Muito mais, muito mais, que bonito,
Que nos uniu para toooooooooooodo o sempre.
Algo poderoso, que preenche por entre...

Anula os vácuos
E tripudia dos obstáculos.
Mas, a matéria está submetida ao tempo,
Apesar da enormidade do sentimento.
...Estamos unidos em batimento!
Nossa história brilha no firmamento!




Música Linda:



2 comentários:

jose claudio disse...

Tô começando a achar que o Bob é apenas um ancião (sem doença grave). Mas um ancião longevo que divide sabedoria com você. A doença dele deve ser própria da idade somente. E o amor é que o mantém renitente. Tá certo ele, tá certo você. Abraço . Paz e bem

Anônimo disse...

MEU AMOR AMIGO...texto sublime e emocionante. Bob é amado, será sempre e pelo o que já sabemos o que tem passado nos últimos tempos, realmente dá para se perceber que o que o mantém vivo é a força do amor mútuo.Todo meu carinho ao Bob e um beijo gigante para um GIGANTE. Lety