segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Adeus 2012








Minha respiração volta a navegar
Nas águas claras da confiança.
Já não importa mais o que aconteceu.
O tanto que minha terra tremeu...
Os trincados em meu castelo de areia.
Estou atento ao canto da sereia,
Cada vez mais claro,
Lembrando-me o que me é caro.
Dois mil e doze foi tempestade,
Com aberturas de sol, pequenas.
Teste cruel de tenacidade,
Sem direito a palavras amenas.

Mas, passou.
Acabou!
Muito se findou.
Boa parte do sonho desabou...
Porém, mais ainda, aflorou!
Foi uma espécie de adubação
Para uma nova floração...
...Vem vindo com uma cara linda,
E uma disposição infinda...
Claro, que não sei para onde vou.
Sei é que na morada da afeição é onde estou.
Emano amor
Com todo meu fervor,
Com toda a intensidade
Que possibilita a minha luminosidade.

Meu único desejo
É permanecer em enlevo,
Para desenvolver meu texto
Todo escrito em paixão,
Impulsionando a evolução.
Que o lirismo continue dirigindo meu enredo,
Para que eu o possa compartilhar,
Com todo aquele que quiser a si mesmo, escalar.





Vídeo indicado:




Para adquirir meu terceiro livro "Txai"
No site da editora Biblioteca24horas
Vá aos lançamentos, clique na foto do livro








2 comentários:

Flor.MCecilia disse...

Sucesso sempre,Claudio.Que 2013 lhe traga Bons Frutos.Te ofereço=.............................
2013-ESPERANÇA.

E.sperança
S.emeamos na Seara
P.erseverança
E.começamos a escrever
R.ecebemos Dons,caminhamos
A.inda tateamos,mas vamos chegar
N.ão busque sucesso sem plantar
Ç.a este ça está na lembrança
A.h!vamos acreditar,vamos vencer

Feliz Ano Novo.
Que a Esperança nos traga a cada um,sonhos a
sere m realizados.
E que ao nosso redor,renasça nossos Girassóis.
Valeu .Felicidades.
Bjus\Mil\Flor*

José María Souza Costa disse...

Olá
Neste período de ano que está a passar, resta-me somente, o agradecimento pela Amizade, ainda que virtual.
Crêdes, estamos torcendo para que a sua Vida, alcance a plenitude da Felicidade. Sabemos que os sonhos, os desejos, são desafios cotidianos, e, para que tornem-se realidade, requer luta, dedicação, e muita, muita perserverança.
Planejar, buscar, fazer-se entender, criar, e, não deixar-se desanimar "ante" o primeiro obstáculo.
Sei, todo fim de Ano, as palavras são sempre as mesmas, dirá. Mas, a Palavra, dita ou escrita, tem a sua força, o seu poder.
Eu sei, que o mundo está virado de cabeça para baixo, ou de pernas para os ares. Mas, não se deixe virá, ou, ficar de pernas para os ares. Encontre-se. Equilibre-se. Seja você mesma. Não finja e nem se deixe fingir. Creia que sejas capaz. Por que, só você é capaz. Faça, o seu balanço de Vida. Analise, o que ganhou, ou, deixou de ganhar e, por que deixou de ganhar. Reveja, as suas amizades, vale apena ? Acredite, todos nós nascemos para sermos felizes, e a Felicidade, entre outros conceitos, é a continuidade das atitudes que tomamos, e do caminho que escolhemos.
Vim aqui neste momento, deixar o meu abraço. Agradecer-te, por estarmos neste mundo encantado da Leitura e da Escrita. E que as suas Escolhas em 2013, lhe faça uma pessoa realizada, e portanto, Feliz.
Paz. Equilíbrio emocional. Saúde, a deusa da Alegria. É disso que precisamos todos. O resto, são adequações para uma vida melhor.
Preste atenção: Não deixe passar as boas oportunidades, aproveite-as.
Abraços do...,
José María Souza Costa.
www.josemariacosta.com