quinta-feira, 19 de abril de 2012

Apenas, dos Melhores!!!



O drama já não é bem aceito em cena.
Ele que foi o suporte para tantos astros e estrelas,
Agora, agoniza na esteira.
A humanidade quer-se mais serena.
Está esgotada de tragédias.
Está começando a entender,
A perceber,
Que as comédias,
É que vão nos salvar.
Hão de nos reabilitar
À dignidade,
De viver em felicidade!

Que me perdoem os clássicos gregos,
Com seus sofrimentos e desesperos...!
Já não nos servem mais de modelo,
Dentro do novo enredo.
Todo ele claro, belo,
Som de cello...
...Percussionado,
Apaixonado!
Adeus deuses vingativos,
Irracionalmente punitivos!
Esses seus exemplos,
Não nos servem mais de templo!

Estamos descobrindo que a existência,
Em sua mais tenra consistência,
Só pode ser feita do que há de mais espetacular...
Aquilo, que, generosamente, habita cada partícula de ar...
O inconfundível ardor,
Do Incondicional Amor!
Aliás, tenho pensado,
Tenho observado.
Que o Amor ,
“Se é Amor”,
É, naturalmente,
Espontaneamente,
Incondicional!
Esse dado é absolutamente sensacional!

Explica toda a confusão,
Toda a ilusão,
Que se criou ao redor desse sentimento.
Senhor dos melhores batimentos!

...Apenas, dos melhores batimentos!



Vídeo delicioso
Roberta Sá e Pedro Luís:
"Prova de Carinho"
http://www.youtube.com/watch?v=sHBMIdecjhA&feature=related



Presenteie Poesia 

"Vida Alta" - Um livro corajoso, profundo, lúdico, sendo leve, alegre... Com alguns puxões de orelha, mas todo ele alto astral, pra cima! Cheio de força, perseverança. Uma aposta no autoconhecimento, como única via para a evolução.

"Ardentia" - Versos arrebatados! Novo enquadramento para antigos questionamentos. - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!


Contato: cbs263000@hotmail.com



2 comentários:

Anônimo disse...

***** Muito bom Poeta... " Adeus deuses vingativos, irracionalmente punitivos"...! Parabéns meu amigo!*
Um abração cheio do meu carinho!* Boa noite!*!*!* >>> Narlei*

LUCONI disse...

Querido amigo novamente estou em falta, mas além de todo problema ainda fiquei sem net, mas hoje consegui dar uma fugidinha e vim te ler, que bela poesia, nossa o amor só engrandece e eleva sempre, beijos Luconi