quarta-feira, 4 de abril de 2012

Tristes Faces



Sinto falta de perceber no semblante das pessoas,
O verdadeiro,
Autêntico, único e primeiro...
...Prazer de viver!
Privilégio de poucas!

O que se vê é, acima de tudo,
Frustração,
Variando apenas, o grau.
Todos escravizados nos tortuosos degraus
Da inexplicável,
Inaceitável,
Material ambição!
Sabotadora oficial da essência do mundo!

Tudo por dinheiro!
Tudo para o dinheiro!
Tudo pelo dinheiro!
E a felicidade,
De mãos dadas com a dignidade,
Escorrem afogadas,
Profundamente magoadas,
Pelo bueiro!

As relações foram reduzidas,
Submetidas,
À condição de conveniência,
Narcotizando a consciência.
A esmagadora maioria da afeição,
Está condicionada à manipulação.
As uniões,
Não passam de desajeitadas encenações!

Diante desse terrível quadro,
A violência e a mentira escaparam do esquadro...
Hipnotizaram,
Desnortearam...
Inverteram todos os valores,
Minimizando os ardores...
Descolorindo...
Destruindo!



Em contra partida,
Porque existe ar,
 - Até nas mais íngreme subida -
Junto com o novo raiar,
Vem vindo uma emocional postura,
Mais adequada à altura!
Completamente isenta de trancos
E desenganos...

O genuíno gostar
Segue à margem,
Fazendo cara de paisagem...
Como quem nada quer.
Como quem só come de colher...
Sabe que cabe a ele, o virar
Desse jogo;
A volta do sorriso aos rostos!











Vídeo indicado
Quebrando tudo
Margareth Menezes
"Fm Rebeldia" / "Qual É"
http://www.youtube.com/watch?v=j0TS1uExSrU&feature=related




Presenteie Poesia Nesta Páscoa




"Vida Alta" - Um livro corajoso, profundo, lúdico, sendo leve, alegre... Com alguns puxões de orelha, mas todo ele alto astral, pra cima! Cheio de força, perseverança. Uma aposta no autoconhecimento, como única via para a evolução.

"Ardentia" - Versos arrebatados! Novo enquadramento para antigos questionamentos. - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!



2 comentários:

Anônimo disse...

***** "Tristes Faces"... Eu acredito que este é o fim... Fim do mundo velho de ilusão!* Agora, querendo ou não, todos irão perceber que estão correndo atras do ouro de tolo... De agora prá frente é SER, não somente TER. A força da Luz que vem chegando de mansinho no planeta vai quebrar TUUUDOOO... Parabéns Claudio, ficou D+++++ este texto!* Um abraço cheio de carinho!* >>> Narlei*

Mari disse...

Parabéns pelo texto, Poeta. Ele realmente diz tudo, infelizmente. Na nossa sociedade, quem manda é o dinheiro, são as posses, os títulos...e o amor, a dignidade, a honestidade, a humildade vão ficando esquecidas, como se já não fizesse mais parte da vida das pessoas. Mesmo assim, devemos lutar pelas virtudes da vida, pois com certeza, muito em breve voltará a fazer parte da humanidade!

Beijos!♥