sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Prego Enferrujado





Acredito que o único suplício
Realmente necessário,
Seja o imediato sacrifício
Do ego.
Esse enferrujado prego,
Ameaçando-nos com suas doenças expostas,
Enquanto nos afaga as costas.

Enquanto houver esse ruído na comunicação
Essa medonha distorção,
Em nossa personalidade,
Será impossível a tranquilidade!

Exatamente pelo excesso de manipulação
Que o ego provoca na visão,
Na interpretação
Da situação.
Inviabiliza a imparcialidade,
Enverniza a sinceridade,
Normalmente, por motivos fúteis,
Atos inúteis!

Essa postura vicia!
Alicia,
Domina!
Tanto ou mais que a morfina.

Escraviza!
É uma estampada e estúpida cortina
Que se coloca à frente da realidade,
Por fuga,
Por medo da chuva...
Sacrificando-se a fidelidade
Ao primogênito impulso,
Que criou o mundo.

O ego é um falso poder,
Que quer se estabelecer.
Não tem estética.
Desconhece a ética.

É, desnecessariamente, agressivo,
Além de invasivo!
Corrosivo...
Destrutivo!
Elemento desagregador
É o palco desse circo de horror!

Tira o peregrino da jornada,
Iludindo-o com o nada!
Tem como consequência: solidão
E devastação!

Contra ele, só uma boa dose de autoconhecimento,
De interno alinhamento.
Imersões diárias e prolongadas
Nas vertiginosas águas
Da humildade.
Depois, é só relaxar no leito da verdade!











Vídeo indicado - de novo - 
http://www.youtube.com/watch?v=PKRc6zAqC-s




Para adquirir meu primeiro livro "Ardentia":
http://perse.doneit.com.br/Paginas/DetalhesLivro.aspx?ItemID=754






3 comentários:

Anônimo disse...

***** Este está sempre presente em nossa vida né?... Só não devemos permitir que ele nos domine!!! "Orar e vigiar" Parabéns!* Meu carinhoso abraço!*!*!* ~~ Narlei~~

Anônimo disse...

***** Maravilhosas imagens!!!! Arrasou viu? Mais uma vez, PARABÉNS!!!!!!* Beijo* ~~Narlei~~

LUCONI disse...

Claudio amigo, que forma mais bela de nos dizer que o que mais atrapalha a humanidade é o orgulho, irmão da vaidade, e portanto do ego. Admiro muito teus escritos, sempre com mensagens positivas incentivando-nos a olhar para dentro de nós e podar certas ervas daninhas, que todos infelizmente trazemos em nossa alma, beijos Luconi