quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Porque Gosto





                            Porque Gosto

Tenho cantado muito, ultimamente.
Tenho sentido uma necessidade premente!
O aparelho vocal voltou ao normal,
Devido a esse sentimento sensacional
Que me proporciona esse lugar.
Nossa interação é de admirar.

Não sei se em outro local
Eu conseguiria o resultado fenomenal,
Estimulante,
Dentro do que considero relevante.
Tudo com aquela intensidade baiana,
E a abençoada combustão espontânea,
Que me proporciona a energia
Dessa maresia!

Como exemplo: a volta da voz,
Liberta dos imaginários nós...
Ainda alta
E cada vez mais clara!
Bem mais delicada,
Posto que vive alegrada...
Em constante comunhão
Com essa mágica pulsação,
Capaz de revolver impérios,
Desbancar todos os mistérios...

Canto para prosseguir
Para interceder,
Para contribuir,
Pra validar meu sorrir
Pra azuldourar o existir!
Canto, acima de tudo,
Para agradecer
A tudo
Que compõe esse incrível mundo.
O pouco que conheço,
E a imensidão que desconheço...

Mas, que aposto,
Porque gosto!




Música indicada
"Me Deixe Mudo"
Chico Buarque





Um comentário:

Mari Rehermann disse...

A inspiração de um belo lugar, nos leva a cantar...

Beijinhos!!♥