terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Recompensado




Ôxe! Ôxe! Ôxe! Assim, o coração não aguenta...
O coitado até que tenta...
Mas, francamente!
Sinceramente!
É carga demais!
É potência demais!
Pra que toda essa intensidade,
Inundando-me a atualidade...
Uma avalanche de movimentos inesperados,
Mantendo-me o ritmo cardíaco acelerado.
Não tem outro jeito.
É assim que funciona o meu peito.

Ele se assusta, mas gosta!
É nessa efervescência que aposta!
É o seu céu de brigadeiro.
O conjunto de tintas de seu tinteiro...

A grande vantagem desse meu alucinado texto.
Ah! As praias ensolaradas do enlevo...!!!

A sua invasão à minha casa,
Justamente,
Diretamente,
Em busca de minhas sensuais asas...
Fez-me sentir premiado!
Profundamente, pelo tempo, recompensado!!!




"Eu lhe prometo o sol se hoje o sol sair"

https://www.youtube.com/watch?v=ZwiWMIE8zGc




  www.feriasbrasil.com.br
 
Trabalho n º 2940