segunda-feira, 16 de julho de 2012

Para Irmos Além





Ah! Se fosse possível identificar
De onde vêm nossas latências,
Nossas indiscretas querências,
A clamar!

Se pudéssemos desacelerá-las,
Desabilitá-las!
Desacreditá-las,
Minimizá-las!

Mas, não!
Na maioria das vezes, somos reféns!
Indefesos nenéns,
Em mãos de terrível vilão!

Pouquíssimo, podemos,
Até porque, não nos conhecemos.
Somos, a nós mesmos, estranhos.
Desconhecemos nosso tamanho.

Ou, o aumentamos à arrogância,
Fruto de nossa cósmica ignorância.
Desrespeitamos a criação em todas as suas instâncias,
Em quase todas as cotidianas circunstâncias!

Desviamos o foco,
Contaminamos o solo,
Com nossa impingida ambição material,
Absoluta e comprovadamente, banal!

Acredito que o primeiro passo,
Para sairmos desse embaraço,
Seja abrirmos bem os braços
Para conhecermos o celestial abraço.

Abrindo o peito para a afeição,
Automaticamente, há uma purificação,
Uma necessária depuração,
Para a chegada de nova irradiação.

Como o pensamento está contaminado,
Precisamos nos dirigir ao sentimento,
Para nos encontrarmos,
Para nos gostarmos!

Para nos tratarmos bem.
Para irmos além...
...Entendermos a interdependência,
Na qual foi construída a humana cadência!



Música indicada:
Na Linha do Mar
Clara Nunes e Nana Caymmi



5 comentários:

Ana Bailune disse...

Teu poema ficou lindo. Mas nem sempre somos recebidos com amor quando tentamos dar amor. A vida nem sempre é justa.

Elizabeth Lucchesi disse...

Lindo poema; um convite á reflexão e á purificação espiritual. Adorei teu blog,poeta!!!

Mari Rehermann disse...

Adorei o poema, e muito verdadeiro! E, com certeza, nem sempre conhecemos a nós mesmos...o que esperar dos outros??

Tenha uma adorável semana!!
Beijinhos!!♥

Luís Coelho disse...

Bom dia Amigo
Momentos poéticos carregados de pensamentos positivos.
...e se tudo fosse perfeito na nossa vida ?
viveríamos sem conhecer o defeito...

Tudo na vida tem as duas faces e porque conhecemos a dor e a detestamos é por isso que procuramos o amor e a tudo queremos dar mais vida e mais cor.

Agradeço a visita e espero que volte mais vezes.
Um abraço

Anônimo disse...

***** "Para Irmos Além"... "Muito acima, do que se imaginou. Até um pouquinho a mais do que se plantou, porque felicidade rima sensualmente, com eternidade"!* Parabéns amigão!* Abraço você com carinho!* >>> Narlei*