domingo, 11 de março de 2012

Relaxamento

 


Quando o corpo pede para relaxar,
É preciso acatar!
Ele sabe o instante de parar
Para recarregar,
Evitando danos,
Economizando desenganos!

Antes que as ondas cerebrais virem marolas,
E se confunda Noel com Cartola...
O bom senso recomenda uma pausa,
Até para cumprir bem a pauta.
O abuso
Pode trazer um resultado difuso.
O excesso
Pode desabar em retrocesso.

O acúmulo de tensão provoca um desgaste
Indesejável,
Improdutivo,
Desagradável,
Destrutivo!
A tudo, é um entrave!

O cansaço
Atrasa o compasso.
Turva a visão,
Mina a disposição.
Aumenta as distâncias e as diferenças,
Induz a turbulências!
Promove interferências,
Expõe as inconsistências!

Um pequeno tempo de relaxamento,
Ajuda a encontrar as soluções,
Para as mais variadas situações.
Sob tensão, o cérebro pode se atrapalhar
E vacilar!
A calma potencializa o discernimento

Relaxar: normaliza a circulação,
Revitaliza o coração.
Solta a musculatura,
Faz bem a todos os corpos: físico, emocional
E mental!
A resistência floresce,
Rejuvenesce!
Facilita o acesso à altura...





Vídeo new age
Edward Weis
"Forest Piano"
http://www.youtube.com/watch?v=17ud3x2-lm4&feature=related


Proporcione Enlevo!
Presenteie Poesia

"Vida Alta" - Minha primeira obra. Um livro corajoso, profundo, lúdico, sendo leve, alegre... Com alguns puxões de orelha, mas todo ele alto astral, pra cima! Cheio de força, perseverança. Uma aposta no autoconhecimento, como única via para a evolução. 

"Ardentia" - Versos arrebatados! Novo enquadramento para antigos questionamentos. - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!

Contato: cbs263000@hotmail.com   



3 comentários:

Od'Laremse Peterson disse...

Um lugar paradisíaco e altamente relaxante.
Parabéns pelo lustroso poema!
Um conselho imperativo que devemos tomar.

Anônimo disse...

...Seu texto transmite um relaxamento mágico! espetacular...Parabéns. Meu beijo. Lety

Anônimo disse...

***** Falou tudo meu amigo!* Principalmente nos dias de hoje, relaxamento é terapia...Parabéns!* Um abração no coração!* >>> Narlei*