quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Da Lagarta, a Borboleta !


idadecerta.com.br



Bora!
Vambora!
Pra frente, rumo ao alto,
Ao soberano palco!

Impossível retroceder,
Ou, ao passado se prender.
É o momento de se munir de alegria
E entoar a mais linda melodia,
Que pudermos captar,
De todo este encantamento,
Bailando, impunemente, pelo ar...
Atravessando-nos a cada batimento.

A despeito de toda imprudência
Desencadeada pela inconsciência,
De toda a violência
Proporcionada pela nossa inconsistência,
A magia está aqui ao nosso lado,
Por todos os lados,
Em cada canto,
Esperando captarmos seu acalanto!

Não importa mais,
O ruim que ficou pra trás.
O importante agora, é voltarmos à cena,
Completamente seguros de nossa bandeira.
Destelhemos o teto
De nosso afeto.
É preciso muito mais, gostar.
Mais ainda, entregar.

Despirmo-nos dos abusos da personalidade,
Para nos voltarmos para a sensibilidade,
Integralmente,
Holisticamente!
O gesto mais puro.
O redentor de tudo.
Da lagarta, a borboleta...
...A dourada certeza!




Vídeo irresistível:


imotion.com.br

Um comentário:

António Jesus Batalha disse...

Estou a visitar alguns blogs, e tive o privilégio de encontrar o seu, vi na pagina inicial o que escreveu, e como gostei folheei mais algumas páginas e fiquei maravilhado pelo que vi e li.
Dou-lhe os parabéns, mas queria deixar um apelo continue assim dando sempre o melhor, boas mensagens, bons temas. Gosto de escrever, mas também gosto de ler bons temas, por isso é que parei aqui.
Meu nome é: António Batalha.
Sou um servo de Deus,e deixo aqui a minha bênção,que haja paz,amor na sua vida, muita saúde e felicidade.
PS. Se desejar seguir o meu humilde blog, Peregrino E Servo, fique á vontade, eu vou retribuir, se encontrar seu blog.