sábado, 19 de janeiro de 2013

Lírico Sim








Entendi!
Mais uma vez, compreendi
Os criativos caminhos
De meu destino.
Tão visceral,
Quanto sideral.

Mais que uma vitória,
Assimilar, ainda que parcialmente,
Porém, apaixonadamente,
Os próprios desígnios,
Os preciosos desenhos dos internos signos:
É uma glória.

Ainda que estes sejam tão complicados,
De tão bem intencionados...
Em um mundo completamente distorcido:
Em seu tormento, contorcido.
Em seu egoísmo, apodrecido...
... De seu ventre, esquecido.

Algo raro,
Especialmente caro,
Em nossa atualidade conturbada,
Desequilibrada.
Toda voltada para a alienação
Da multidão.

Começo a querer pensar
Na possibilidade de desfrutar
Da palavra alívio...
... Há muito, desaparecida de meus idílios.
Preciso preparar um mega agradecimento,
Para tal acontecimento.

Como sempre tudo está saindo bem diferente,
Do que explicitou, meu peito arguente.
Mas, ainda assim,
Será possível edificar um lírico Sim,
Para um belo fim.
É o que pulsa, aceleradamente, em mim.






Música indicada:






Para adquirir meu terceiro livro "Txai"
No site da Editora Biblioteca24horas
Digite "Txai" - no campo de pesquisa,
Ao alto, no canto esquerdo







Um comentário:

Thereza Ferro disse...

Adorei o poema, muito bom caro criativo, abraço poético